Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > ACONTECE > CNS APROVA POLÍTICA NACIONAL DE ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE DO HOMEM

CNS aprova Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem

13/07/2009

Escrito por: Fonte - Assessoria de Comunicação do CNS

CNS aprova Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem


No dia 08 de junho, o Conselho Nacional de Saúde aprovou, por unanimidade, o mérito da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem.

A proposta, em elaboração desde outubro de 2008, foi apresentada pelo Assessor Especial do Ministro de Estado da Saúde, Adson França. Estiveram presentes, ainda, o Coordenador da Área Técnica da Saúde do Homem, Baldur Oscar Schubert, a Coordenadora da Área Técnica da Saúde da Mulher, Lena Perez, além do Presidente da Sociedade Brasileira de Urologia, José Carlos de Almeida.

A Política visa promover “a melhoria das condições de saúde da população masculina do Brasil, contribuindo, de modo efetivo, para a redução da morbidade e mortalidade dessa população, através do enfrentamento racional dos fatores de risco e mediante a facilitação ao acesso, às ações e aos serviços de assistência integral à saúde”.

Segundo Adson França, a “Saúde do Homem” está alinhada à Política Nacional de Atenção Básica, uma vez que esta deve ser a porta de entrada do Sistema Único de Saúde. Ele ressaltou, ainda, as particularidades desse público que apresenta altos índices de morbimortalidade masculina, sobretudo quando se faz uma comparação com a morbimortalidade feminina; acessa pouco os serviços de saúde e, geralmente, em casos de urgência e emergência, “ou seja, procuram tratar a doença e não preveni-las”. O homem é, ainda, o principal autor e vítima da violência e mais vulnerável ao uso abusivo de álcool, tabaco e outras drogas.

Princípios da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem

1. Orientar as ações e serviços de saúde para a população masculina, com integralidade e equidade, primando pela humanização da atenção;
2. Mudar paradigmas no que concerne à percepção da população masculina em relação ao cuidado com a sua saúde e a saúde de sua família;
3. Capacitar tecnicamente os profissionais de saúde para o atendimento ao homem.
4. Além da ênfase nos aspectos educacionais, os serviços devem ser organizados de modo a acolher e fazer com que o homem sinta-se parte integrante deles;
5. Implementar a Política do Homem de forma integrada às demais políticas existentes, priorizando a atenção primária como porta de entrada de um sistema de saúde universal, integral e equânime.

Diretrizes

1.Elaboração do Plano de Ação subordinado a esta Política e pautado pelos princípios da integralidade, factibilidade, coerência e viabilidade;
2. Entender a Saúde do Homem como um conjunto de ações de promoção e prevenção, assistência e recuperação, executadas com humanização e qualidade, nos diferentes níveis de atenção;
3. Priorizar a Atenção Básica com foco na Estratégia de Saúde da Família, porta de entrada do sistema de Saúde integral, hierarquizado e regionalizado.


  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br