Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > ACONTECE > COMISSÃO DO MJ VOLTA A DISCUTIR MODERNIZAÇÃO DA LEGISLAÇÃO TRABALHISTA

Comissão do MJ volta a discutir modernização da legislação trabalhista

01/07/2009

Escrito por: Fonte - Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho

Comissão do MJ volta a discutir modernização da legislação trabalhista

A Comissão constituída pelo Ministério da Justiça com o objetivo de discutir a modernização da legislação trabalhista voltou a se reunir nesta terça-feira (30/6). O presidente da Anamatra, Luciano Athayde Chaves, participou do encontro que objetivou debater e elaborar propostas para auxiliar o Governo Federal a aprimorar e a modernizar a legislação material e processual do trabalho, conforme disposto no II Pacto Republicano de Estado por um Sistema de Justiça mais Acessível, Ágil e Efetivo.

A comissão, que é dividida nas subcomissões de Direito Individual, de Direito Coletivo e de Direito Processual, debateu as propostas de reforma processual, em especial, a que moderniza a execução trabalhista. Foram também objetos de debate os anteprojetos sobre a terceirização e as novas tutelas jurídicas, entre elas, o teletrabalho, o trabalho eventual e a transferência de empregados para o exterior. Ainda na reunião, o grupo recebeu o representante do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) André Luis Grandizoli, que falou sobre o conjunto de propostas elaboradas pela Comissão encaminhadas ao Ministério para avaliação.

Na ocasião, o presidente da Anamatra aproveitou para pedir empenho da Comissão para aprovação no Congresso Nacional do Projeto de Lei 7077/2002, que institui a Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas (CNDT). O objetivo da proposta, que foi elaborada pela Anamatra, é combater os altos índices de inadimplência e a demora na quitação dos débitos trabalhistas, exigindo o documento das empresas contratadas pelo poder público.

A reunião foi presidida por Rogério Favreto, secretário da Reforma do Judiciário, e contou com a participação de representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), da Associação Brasileira dos Advogados Trabalhistas (Abrat) e da Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT). O encontro contou ainda com a participação dos ministros do Tribunal Superior do Trabalho (TST) Maurício Godinho Delgado, Lelio Bentes Corrêa, Luiz Philippe Vieira de Mello Filho e Rosa Maria Weber. Também compareceram à reunião o ministro aposentado do TST Luciano de Castilho e o conselheiro do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) Antonio Umberto de Souza.

As subcomissões da Comissão se reunirão em julho para discutir temas que ainda não foram tratados, a exemplo das propostas que dispõem sobre os honorários de sucumbência e o sistema recursal.



  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br