Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > ACONTECE > PROJETO INCLUI ASSISTENTES SOCIAIS NAS EQUIPES DO SAÚDE DA FAMÍLIA

Projeto inclui assistentes sociais nas equipes do Saúde da Família

22/01/2010

Escrito por: Fonte: SINTFESP GO/TO

Projeto inclui assistentes sociais nas equipes do Saúde da Família

A Câmara analisa o Projeto de Lei 6271/09, do deputado Maurício Trindade (PR-BA), que torna obrigatória a inclusão de assistentes sociais nas equipes do programa Saúde da Família.

Pela proposta, esses profissionais - que deverão estar devidamente habilitados e inscritos no respectivo conselho regional da profissão - atuarão em atividades estratégicas e nos núcleos de apoio das ações governamentais voltadas para o monitoramento das condições de saúde das comunidades visitadas.

O autor da proposta acredita que o trabalho dos graduados em Serviço Social nas equipes multiprofissionais do Saúde da Família "pode ser de grande valia para o sucesso do programa".

Atribuições

Maurício Trindade ressalta que diversas atribuições previstas na norma que regulamenta o ofício de assistente social (Lei 8.662/93) estão relacionadas à garantia do bem-estar da população. Entre essas competências estão:

- elaborar, implementar, executar e avaliar políticas sociais junto a órgãos da administração pública, direta ou indireta, empresas, entidades e organizações populares;
- encaminhar providências e prestar orientação social a indivíduos e a grupos;
- planejar, executar e avaliar pesquisas que possam contribuir para a análise da realidade social e para subsidiar ações afirmativas; e
- prestar assessoria e apoio aos movimentos sociais no exercício e na defesa dos direitos civis, políticos e sociais da coletividade.

Integralidade

O parlamentar lembra que um dos princípios do Sistema Único de Saúde (SUS) é o da integralidade, segundo o qual o atendimento prestado deve envolver todos os aspectos relacionados à saúde.

"A ação da assistência social, em parceria com a atenção à saúde, será importante para a defesa dos usuários do SUS, em especial daqueles que tendem a sofrer discriminações, como as crianças, as mulheres e os portadores de deficiência", argumenta Maurício Trindade.

Tramitação

O projeto tramita em caráter conclusivo pelas comissões de Seguridade Social e Família; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.
  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br