Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > AGENTES COMUNITÁRIOS > AGENTES DE SAÚDE E DE COMBATE ÀS ENDEMIAS DE FORTALEZA SUSPENDEM GREVE

Agentes de saúde e de combate às endemias de Fortaleza suspendem greve

04/11/2014

Depois de 52 dias em greve, categoria define, em Assembleia, acatar decisão da Justiça e suspende greve até 02 de dezembro; período em que Prefeitura deverá cumprir acordos

Escrito por: Sinasce

 

De cabeça erguida e “alma lavada”! Agentes de saúde e agentes de endemias de Fortaleza suspendem a greve até 02 de dezembro. A razão disso se deu em virtude da Justiça Estadual, através do Exmo. Sr. Desembargador do Tribunal de Justiça do Ceará, Dr. Francisco Bezerra Cavalcante, em audiência realizada na quarta-feira, 29/10/14, na sede do Tribunal supracitado, propor ao Sinasce e aos Gestores de Fortaleza, presentes na audiência, uma trégua na protelação do governo e no movimento grevista, respectivamente, como condição sinequanon, para que se avance de maneira concreta nas negociações para aplicação do Piso da Categoria.

 

Diante dessa propositura, as partes sinalizarem pelo Acato do Consenso. Assim, o Desembargador Francisco Bezerra determinou que os representantes da prefeitura de Fortaleza presentes a audiência (Sepog, P.G.M, SMS e Nucen) acordem com o prefeito Roberto Cláudio uma data no prazo de 10 dias para que o mesmo receba o Sindicato, e assim as partes possam tratar e construir os encaminhamentos que culminarão na aplicação do Piso da categoria. Em tempo, a prefeitura terá de informar ao TJ até quinta-feira, 30/10/14, a data da reunião com o prefeito, que ocorrerá no prazo dos próximos dez dias.

 

O Desembargador determinou ainda que todo trânsito de comunicação entre as partes, ou seja; prefeitura e Sinasce, se dê através do seu próprio gabinete. Isso significa que qualquer passo relativo ao acordo firmado entre as partes na audiência de hoje, deve ser informado primeiramente ao TJ, através do gabinete do Desembargador. Portanto, e somente a esse, caberá informar/comunicar ao Sinasce, sobre a tramitação de qualquer encaminhamento que pertina ao cumprimento do que foi determinado pelo Exmo. Desembargador.

 

O Des. Francisco Bezerra, recomendou ainda, que o secretário de Planejamento Orçamento e Gestão, Philipe Theophilo Nottinghan, veja com o prefeito Roberto Cláudio a possibilidade imediata da confecção de uma “folha suplementar” até o dia 10 de novembro, para ressarcir os valores relativos aos descontos efetuados pela prefeitura nos contracheques dos grevistas. O Ilmo. Secretário sinalizou que fará esse encaminhamento junto ao prefeito, e tão logo tenha essa resposta a comunicará ao Exmo. Desembargador.

 

Após a audiência no TJ, o Sinasce reuniu a categoria numa grande Assembleia na Praça da Bandeira/Centro de Fortaleza, onde a mesma concordou com essas prerrogativas e aceitou suspender a greve pelo prazo que a justiça sugeriu (de 30 dias e/ou até 02 de dezembro), onde serão dados os encaminhamentos determinados pela justiça, que, com certeza, resultarão na aplicação do piso dos trabalhadores.

 

Foi Árduo… Foi Cansativo… Mas Já Valeu a Pena! E valerá muito mais, quando a Justiça referendar o direito líquido e certo desses trabalhadores de receberem um piso digno e merecido.

 

Aos Valentes e ACE`s e ACS`s em greve desde o dia 08 de Setembro, Nosso Muito Obrigado e Nossa Eterna Gratidão Pelo Seu Incondicional Apoio e Pelo Seu Prestígio ! A Vitória Final Virá e Isso Será, Apenas, Uma Questão de Tempo! Até Lá!

 

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:

Copyright @ CUT Central Única dos Trabalhadores | 3.820 - Entidades Filiadas | 7.890.353 - Sócio | 24.062.754 - Representados
CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP | Telefone (0xx11) 2108 9200 - Fax (0xx11) 2108 9310
CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF | Telefone: (0xx61) 3322 5062 e (0xx61) 3322-5060