Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > AGENTES COMUNITÁRIOS > FENASCE, CNTSS/CUT, CUT, FENAAC E CONFETAM REALIZAM ATO EM BRASÍLIA

FENASCE, CNTSS/CUT, CUT, FENAAC e CONFETAM realizam ato em Brasília

06/04/2017

Ato promovido pelas entidades concentra centenas de agentes comunitários e de endemias de vários estados e municípios brasileiros

Escrito por: FENASCE

 

Na manhã da quarta-feira, 8 de março, além de ser comemorado o dia internacional da mulher, a FENASCE teve um outro motivo para comemorar. O motivo foi o sucesso da mobilização que desde janeiro vinha sendo amplamente divulgada. O ato teve grande participação de caravanas de vários estados brasileiros: Alagoas, Acre Ceará, Goiás, Minas Gerais, Espirito Santo, Roraima, Pernambuco, Piauí, Mato Grosso do Sul, Sergipe São Paulo, Paraná e Paraíba. Estes estados atenderam ao chamado da Federação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e de Combate as Endemias para a manifestação em prol do reajuste do piso salarial que está estagnado a praticamente três anos. 

 

Com a concentração das caravanas na Catedral Metropolitana de Brasília, os trabalhadores aguardavam o momento para a caminhada até o Ministério da Saúde onde aconteceria a manifestação, com o intuito de cobrar do Ministro da Saúde, Ricardo Barros, o reajuste do piso salarial. 

 

Mesmo sob um sol escaldante, os agentes seguiam fortes na convicção de que só a luta garante a vitória. Todas as falas proferidas pelos dirigentes das entidades presentes foram na defesa de que é de extrema urgência que o governo se sensibilize e promova uma política de reajuste do piso desses profissionais. 

 

Após o encerramento da manifestação no Ministério da Saúde, as caravanas se concentraram no período da tarde no anexo 2 da Câmara Federal para acompanharem uma Audiência Pública sobre o Projeto de Lei 6437, que prevê alterações no perfil dos Agentes. A princípio estava reservado apenas o plenário 7 para acomodação dos agentes, porém, devido à grande quantidade de trabalhadores, foram necessários mais três plenários, 8, 9 e 15, para que pudesse acomodar todos trabalhadores.

 

No dia anterior, 7, a FENASCE, vários deputados e Agentes se reuniram com o Ministro da Saúde, Ricardo Barros, para debaterem sobre o reajuste. O ministro disse estar aberto à discussão e também afirmou que um GT - Grupo de Trabalho será criado. Afirmou também que sabe da importância da categoria e que estão trabalhando as solicitações feitas. “O Ministério da Saúde e o Governo Federal estão abertos ao diálogo”, afirmou Barros.

 

A FENASCE continuará lutando até que as pautas de reinvindicações da categoria sejam cumpridas na sua totalidade. Lembrando que a federação tem como foco principal a luta pelo reajuste do piso salarial nacional. "Não vamos nos omitir a discussão de qualquer tema pertinente a categoria, porém no momento nossa pauta prioritária será o reajuste”, deliberação tirada em reunião da direção da FENASCE. 

 

 

Leocides José de Souza - diretor de Comunicação da FENASCE e diretor do SINDSAUDE/GO

 

 

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:

Copyright @ CUT Central Única dos Trabalhadores | 3.820 - Entidades Filiadas | 7.890.353 - Sócio | 24.062.754 - Representados
CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP | Telefone (0xx11) 2108 9200 - Fax (0xx11) 2108 9310
CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF | Telefone: (0xx61) 3322 5062 e (0xx61) 3322-5060