Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUE CENTRAL > SERVIDORES DO INSS DE PERNAMBUCO MANTÊM GREVE POR TEMPO INDETERMINADO

Servidores do INSS de Pernambuco mantêm greve por tempo indeterminado

29/06/2009

Escrito por: Fonte – Wedja Gouveia – Sindsprev PE

Servidores do INSS mantêm greve por tempo indeterminado

Na próxima quarta, dia 01/07, às 15 horas, no auditório do Sindsprev, assembléia dos servidores do INSS de Pernambuco avalia a greve iniciada no dia 25/06. Nos primeiros dias de greve, cerca de 80% da categoria no nosso estado fortaleceram a greve nacional.

Os servidores do INSS têm demonstrado disposição para lutar pelos seus direitos e estão enfrentando com coragem as ameaças do governo e de algumas chefias. A categoria reivindica a reestruturação da Carreira do Seguro Social, com incorporação das gratificações; mudança do modelo da avaliação do desempenho e 30 horas semanais sem redução salarial.

Vamos continuar fortalecendo a greve para que sejam abertas as negociações e atendidas nossas reivindicações. Repudiamos a atitude do Governo Lula de atentar contra nosso direito constitucional de greve, usando até ações judiciais que visam ao desmantelamento dos sindicatos. O que é inaceitável num governo eleito com apoio massivo dos movimentos sociais e sindical.

No dia 25/06, a assessoria jurídica do Sindicato ingressou na Justiça Federal com pedido de Medida Liminar para impedir que o INSS proceda anotação do código 28 (falta injustificada) ao invés do código 95 (greve) na ficha funcional dos servidores em greve.

A CNTSS realiza, nesta terça, 30/06, em Brasília, encontro para avaliar a greve nacional, a resposta do Ministério da Previdência à proposta de instalação do Grupo de Trabalho sobre as jornadas de 30 e 40 horas semanais e as ações judiciais do governo contra os sindicatos.


Sindsprev repudia repressão do Governo de Pernambuco
à greve dos servidores estaduais da saúde

O Sindsprev repudia, de forma veemente, a postura do Governo Estadual de obter na Justiça liminar que impõe ao Sindsaúde multa diária de R$ 30 mil. Além disso, adiou o pagamento dos salários de junho para o dia 6 de julho, visando descontar os dias parados.

Uma medida anti-democrática que tenta desmobilizar o movimento grevista dos servidores estaduais da saúde, iniciado no dia 10/06.

Alertamos os servidores do Ministério da Saúde que trabalham nas unidades estaduais que não substituam os companheiros grevistas nas suas atividades profissionais. Caso haja pressão de chefias, solicitamos que façam denúncias ao Sindsprev.

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br