Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUE CENTRAL > PROJETO CRIA SERVIÇO NACIONAL DE APRENDIZAGEM EM SAÚDE (SENASS)

Projeto cria Serviço Nacional de Aprendizagem em Saúde (Senass)

25/02/2008

Escrito por: Agência Câmara

A Câmara analisa o Projeto de Lei 844/07, do deputado Lelo Coimbra (PMDB-ES), que cria o Serviço Nacional de Aprendizagem em Saúde (Senass) e o Serviço Social da Saúde (Sess). Segundo a proposta, eles serão organizados e administrados pela Confederação Nacional de Saúde (CNS). Atualmente, os trabalhadores da área de saúde são atendidos pelo Serviço Social do Comércio (Sesc), em conjunto com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), ambos vinculados à Confederação Nacional do Comércio (CNC).

Para o autor, há uma distorção, pois "os estabelecimentos de saúde atualmente têm uma dupla vinculação: por um lado, com a Confederação Nacional da Saúde, específica do setor; e por outro, com a Confederação Nacional do Comércio". O projeto tem como objetivo corrigir essa situação. Segundo a proposta, caberá ao Sess atuar em cooperação com o Poder Público e com a iniciativa privada para desenvolver, planejar, executar e apoiar programas voltados à promoção de serviços de saúde para os trabalhadores do setor.

O Senass será responsável pela organização de escolas de aprendizagem e centros de treinamento e aperfeiçoamento para os trabalhadores que atuam em estabelecimentos que prestam serviços de saúde. Do ponto de vista administrativo, o texto estabelece que o Sess e o Senass serão dirigidos, cada um deles, por um conselho nacional responsável pelas suas políticas e diretrizes administrativas. O conselho será composto por representantes da CNS; da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Saúde; do Ministério do Trabalho; do Ministério da Saúde; e do Ministério da Previdência Social. Saúde suplementar.

Criada em 1994, com sede em Brasília, a CNS congrega atualmente 92 entidades > que representam estabelecimentos de serviços de saúde no País. Entre eles estão hospitais, clínicas, laboratórios de análises clínicas e patologia clínica, serviços de diagnóstico, fisioterapia e operadoras de planos de saúde. Segundo a CNS, os serviços de saúde suplementar (privados) somam hoje no Brasil mais de 95 mil estabelecimentos, entre hospitais, clínicas, consultórios e laboratórios que empregam cerca de um milhão de profissionais. "Esse número mostra a importância econômica do setor e a necessidade de serviços específicos", enfatiza.

Tramitação - O projeto, que tramita em caráter conclusivo, será analisado pelas comissões de Seguridade Social e Família; Trabalho, de Administração e Serviço Público; Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Íntegra da proposta: PL-844/2007.




  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br