Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUE CENTRAL > SINTFESP APOIA E PARTICIPA DE ATO PÚBLICO DE TRABALHADORES RURAIS

Sintfesp apoia e participa de ato público de trabalhadores rurais

08/11/2017

Ato reuniu trabalhadores e trabalhadoras da agricultura familiar contra as reformas da previdência e trabalhista

Escrito por: Sintfesp GO

 

As diretoras do Sintfesp-GO/TO, Terezinha Aguiar e Jesulina Regis, representaram o sindicato na quarta-feira, 18/10, em ato de trabalhadores e trabalhadoras da agricultura familiar contra as reformas da previdência e trabalhista de Michel Temer (PMDB). As ruas centrais de Goiânia foram ocupadas por agricultores da base da Fetraf Goiás, do MST, do MCP e da CPT. A iniciativa teve o apoio das centrais sindicais CUT-GO e CTB.

 

O ponto alto na capital foi a ocupação da Agência Goiânia Centro do INSS. “Essa é a jornada unitária de lutas dos trabalhadores dos campos e das cidades, contra a reforma da previdência, contra a reforma trabalhista, pela agricultura familiar e camponesa e por alimentos saudáveis. É preciso que a Rede Globo e os latifundiários paguem a Previdência, que ela é superavitária”, enfatizou o presidente da CUT-GO, Mauro Rubem. Durante o ato, manifestantes também denunciaram, por meio de cartazes, os deputados federais que votaram a favor da permanência do “ilegítimo” Michel Temer no governo.

 

Da agência do INSS, os manifestantes prosseguiram em caminhada até a Assembleia Legislativa onde, desde ontem, estão acampados trabalhadores e trabalhadoras da Fetraf Goiás, em protesto aos cortes no orçamento público para as políticas de reforma agrária e agricultura familiar, como também contra as reformas do governo “golpista”. Lá, lideranças das várias entidades foram recebidas pelo presidente da Casa, deputado José Vitti e pelo líder do governo estadual, Francisco Oliveira. As deputadas Isaura Lemos e Adriana Accorsi também participaram, em apoio às causas dos trabalhadores.

 

Segundo a CUT-GO, a Jornada de Lutas reivindica a recomposição e descontingenciamento dos recursos públicos dos programas que incentivam a produção de alimentos e a soberania alimentar do País. Os cortes no orçamento, que chegam a 90% e inviabilizam a continuidade dos programas, atingem principalmente as políticas de aquisição de alimentos, alimentação escolar, comercialização e produção de alimentos, assistência técnica, obtenção de terras para reforma agrária, educação no campo, meio ambiente e habitação rural.

 

Na semana da Jornada de Lutas, que prossegue até sexta-feira (20), as federações ligadas à Confederação Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Agricultura Familiar (Contraf Brasil), a exemplo da Fetraf Goiás, realizam vários atos políticos por todo o Brasil, informa a CUT.

 

Representante da CTB e do Forum Goiano contra as Reformas da Previdência e Trabalhista, João Guimarães, ressaltou que a luta continuará, contra os desmontes dos serviços públicos e contra o fim das políticas públicas.

 

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:

Copyright @ CUT Central Única dos Trabalhadores | 3.820 - Entidades Filiadas | 7.890.353 - Sócio | 24.062.754 - Representados
CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP | Telefone (0xx11) 2108 9200 - Fax (0xx11) 2108 9310
CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF | Telefone: (0xx61) 3322 5062 e (0xx61) 3322-5060