Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUE CENTRAL > SEEPE PROTESTA CONTRA O ATRASO NO PAGAMENTO DOS PLANTÕES EXTRAS DE PERNAMBUCO

SEEPE protesta contra o atraso no pagamento dos plantões extras de Pernambuco

09/01/2018

Durante a manifestação, que contou com grande número de profissionais participantes, foram exibidos faixas e cartazes a respeito da problemática enfrentada

Escrito por: SEEPE

 

 

O Sindicato dos Enfermeiros no Estado de Pernambuco - SEEPE participou na manhã da quinta-feira, 04/01, de ato realizado pelos profissionais de enfermagem do Hospital da Restauração – HR, em protesto contra o atraso no pagamento dos plantões extras.


Os profissionais da enfermagem que trabalham para o governo do Estado na modalidade de plantões extras, dentre eles os enfermeiros, estão com seus pagamentos atrasados desde setembro de 2017, totalizando quatro meses sem receber vencimentos. Na ocasião o SEEPE esteve representado pelo vice-presidente, Djanos Oliveira, pela secretária geral, Betânia Barreto, pela diretora de Juventude, Viviane Amorim e pela diretora de organização e relações sindicais, Márcia Lira.


Também estiveram presentes representantes do Fórum Pernambucano em Defesa da Enfermagem - FOPEDenf e do Conselho Regional de Enfermagem de Pernambuco - COREN-PE, Augusto Barreto e Valdeísa Moraes, respectivamente.


Durante a manifestação, que contou com grande número de profissionais participantes, foram exibidos faixas e cartazes a respeito da problemática enfrentada e, enquanto o grande grupo realizava o fechamento do trânsito da Avenida Agamenon Magalhães, uma comissão formada pelo vice-presidente do SEEPE, Djanos Oliveira, o representante do FOPEDenf, Augusto Barreto e a conselheira do COREN-PE, Valdeísa Moraes foi recebida pela gestão do HR para a entrega do documento solicitando providências imediatas a respeito do atraso no pagamento dos profissionais, da falta de condições de trabalho e do déficit de pessoal.

 

Haverá uma assembleia-ato na tentativa de forçar o governo a realizar o pagamento dos vencimentos em atraso para estes trabalhadores. "O SEEPE é contra esta modalidade de trabalho denominada de plantão extra por entender que este tipo de relação trabalhista fragiliza e precariza o vínculo. Nós defendemos sempre a realização de concurso público para provimento dos cargos da saúde em Pernambuco, bem como a convocação dos profissionais aprovados no concurso vigente. No entanto, uma vez que o governo do Estado legalizou aquilo que consideramos ilegal - os plantões extras - não podemos fechar os olhos para a situação calamitosa imposta pelo Governo do Estado aos enfermeiros e demais profissionais da saúde. Não aceitaremos atraso salarial de quatro meses " , destacou o vice-presidente do SEEPE, Djanos Oliveira.


“Muitos profissionais se submetem ao plantão extra devido aos baixos salários que há muito tempo não sofrem reajuste. O SEEPE vai continuar a lutar por reajuste salarial, condições de trabalho e por dignidade para os enfermeiros da SES”, ressaltou a diretora da juventude do SEEPE e enfermeira do HR, Viviane Amorim.

 

 

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:

Copyright @ CUT Central Única dos Trabalhadores | 3.820 - Entidades Filiadas | 7.890.353 - Sócio | 24.062.754 - Representados
CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP | Telefone (0xx11) 2108 9200 - Fax (0xx11) 2108 9310
CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF | Telefone: (0xx61) 3322 5062 e (0xx61) 3322-5060