Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUE CENTRAL > TERCEIRIZAÇÃO: PLENÁRIA DEFINE AÇÕES UNIFICADAS CONTRA OS ABUSOS DO GOVERNO PAULO HARTUNG

Terceirização: plenária define ações unificadas contra os abusos do Governo Paulo Hartung

06/02/2018

Atividade demonstrou que existe muita indignação na sociedade civil organizada com relação aos péssimos serviços de saúde oferecidos nos hospitais capixabas

Escrito por: Sindsaúde ES

 

 

Na tarde da terça-feira (30/01), às 15h, ocorreu a plenária "Em defesa do SUS, contra as terceirizações de PH", no Sindsaúde ES, que discutiu a transferência de recursos públicos para empresas privadas. A atividade demonstrou que existe muita indignação na sociedade civil organizada com relação aos péssimos serviços de saúde oferecidos nos hospitais capixabas.

 

O objetivo principal é construir um movimento contra as tercerizações dos hospitais da rede pública, visando barrar as medidas criminosas tomadas pelo governo, que não oferta condições dignas de atendimento nos hospitais do estado, sujeitando os usuários a ambientes nocivos à saúde.

 

Os assuntos abordados foram: a precariedade dos hospitais, a mortalidade infantil, a falta de leitos, a superlotação dos corredores e a negligência criminosa das autoridades jurídicas frente à terceirização da saúde capixaba. O governo inconsequente não se importa em explicar os perigos da terceirização, por isso é necessário atuar junto à comunidade de forma efetiva e desenvolver um discurso que alcance os moradores. 

 

"O SindSaúde cumpre um papel importante, ampliando à mobilização de sede da saúde pública. O fundamental é conseguir traduzir para a população o quanto o Governo Paulo Hartung está a serviço do grande empresariado. Por isso, é importante envolver as comunidades, dialogar com os moradores. Precisamos mostrar o quanto a terceirização é malefica para todos", disse Lula Rocha, Presidente do Conselho Estadual de Direitos Humanos (CEDH). 

 

A sessão foi conduzida pela presidenta do Sindsaúde, Geiza Pínheiros que enfatizou que o movimento é amplo e unitário sendo o primeiro passo para uma grande mobilização de rua no Dia Mundial da Saúde, 04 de abril, e completa: "Somos contra o desmonte do SUS e a favor dos usuários da saúde pública".   

 

O evento contou com a presença da diretoria do sindicato e dos representantes do deputado Da Vitoria (PDT), Luiz Pimentel e Werlane Maulaz; do Vereador Roberto Martins (PTB); e alguns servidores do Hospital Sílvio Avidos (HSA), do Hospital Infantil Nossa Senhora da Glória (HEINSG) e por fim representantes de entidades estudantis como o DCE Ufes; de movimentos populares como Brigadas populares e  Federação das Associações de Moradores e Movimentos Populares do Espírito Santo (FAMOPES) entre outros presentes.      

 

Dauri Correa, do Conselho Estadual de Saúde e Federações das Associações de Moradores de Cariacica/FAMOC, ressalta que "precisamos lutar pelo resgate do Sistema Único de Saúde (SUS) como modelo de saúde pública de interesse popular, cuja defesa está vinculada à luta dos trabalhadores(as). É preciso mobilização para dialogar com a massa de usuários/cidadãos prejudicados pelas terceirizações. É inaceitável o caos na saúde pública". 

 

O diretor de Comunicação do Sindicato, Valdecir Gomes, informa que os encontros serão realizados periodicamente. "Juntamente com outras entidades, vamos planejar e executar inúmeras ações de resistência ao desmonte do SUS, conduzido pelo governador Paulo Hartung através das terceirizações", destacou o sindicalista.

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:

Copyright @ CUT Central Única dos Trabalhadores | 3.820 - Entidades Filiadas | 7.890.353 - Sócio | 24.062.754 - Representados
CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP | Telefone (0xx11) 2108 9200 - Fax (0xx11) 2108 9310
CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF | Telefone: (0xx61) 3322 5062 e (0xx61) 3322-5060