Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUE CENTRAL > SINDSAÚDE GO DIVULGA NOTA DE SOLIDARIEDADE AOS CIDADÃOS DE ITAPURANGA

Sindsaúde GO divulga Nota de solidariedade aos cidadãos de Itapuranga

08/03/2018

Sindicato reitera o seu apoio e sua solidariedade a toda comunidade de Itapuranga e cobra o fim imediato das intimidações.

Escrito por: Sindsaúde GO

 

Sindicato dos Trabalhador@s do Sistema Único de Saúde no Estado de Goiás (Sindsaúde/GO) manifesta sua solidariedade e apoio irrestrito aos movimentos sociais, líderes religiosos, sindicatos, instituições e a todos os cidadãos itapuranguenses.

 

É extremamente condenável e preocupante a tentativa de intimidação e a perseguição sofrida pelos cidadãos itapuranguenses por terem se posicionado contra a aprovação absurda do Projeto de Lei, no dia 7 de fevereiro, que concede ainda mais benefícios ao prefeito, vice-prefeito e vereadores do município.

 

Após manifestarem sua legítima indignação na Câmara Municipal, fato que irritou o presidente do Legislativo Municipal, pais e mães de família foram denunciados e agora estão sendo constrangidos ao serem intimados para prestar depoimento. 

 

Neste conjunto de barbaridades, nos chama a atenção o caso do Padre Celso Carpenedo. O pároco que sempre esteve ao lado do povo é um grande defensor da justiça social e agora está sendo injustamente acusado de ter incitado os manifestantes. Manifestantes esses, que lutam corajosamente contra os retrocessos na Administração Municipal.  

 

Outro caso que também causa indignação é o cerceamento da liberdade de expressão da servidora municipal e sindicalista, representante legítima do Sindsaúde em Itapuranga, Maria Aparecida. A trabalhadora também foi intimada a depor apenas por ter se manifestado.  

 

O Sindicato reitera o seu apoio e sua solidariedade a toda comunidade de Itapuranga e cobra o fim imediato das intimidações. Além disso, o Sindsaúde lembra aos legisladores e demais autoridades que a participação da sociedade nas decisões públicas e que influenciam a vida da população não se trata apenas de direito, mas é um dever.

 

Sendo assim, considerando a gravidade da situação, o Sindsaúde repudia veementemente esse atentado à liberdade de expressão e endossa a referida manifestação popular por respeitar o exercício desse direito democrático e por acreditar que existem outras prioridades no munícipio as quais estão carentes de investimentos. 

 

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:

Copyright @ CUT Central Única dos Trabalhadores | 3.820 - Entidades Filiadas | 7.890.353 - Sócio | 24.062.754 - Representados
CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP | Telefone (0xx11) 2108 9200 - Fax (0xx11) 2108 9310
CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF | Telefone: (0xx61) 3322 5062 e (0xx61) 3322-5060