Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUE CENTRAL > DIRETORA DO SINTFESP PARTICIPA DE DEBATE SOBRE CULTURA E POLÍTICA COM BENEDITA DA SILVA

Diretora do Sintfesp participa de debate sobre cultura e política com Benedita da Silva

10/07/2019

Deputada alertou para os prejuízos que a maioria da população terá caso seja aprovada a proposta de reforma da previdência do governo Bolsonaro

Escrito por: Sintfesp GO

 

 

A diretora do Sintfesp, Gilzeli Sampaio Vasconcelos, participou de Café da Manhã com Mulheres Negras que contou com a ilustre presença da deputada federal Benedita da Silva, na sede da Central Única dos Trabalhadores em Goiás.

 

A agenda da parlamentar em Goiânia incluiu entrevista à Rádio do Trabalhador, visita ao Mercado Central da capital e a palestra “Cultura: os desafios das Políticas Públicas em Goiás e no Brasil”, na Câmara Municipal de Vereadores. Benedita da Silva teve ainda um Encontro com Evangélicos, sob o tema: Os evangélicos e a política: a construção de um mundo mais justo”.

 

A deputada também ressaltou que a atual conjuntura requer união. “Nesse momento difícil do país temos que estar unidas e unidos. ‘Ninguém solta a mão de ninguém’! Estamos juntas nessa batalha, mas hoje podemos dizer que conseguimos construir em nossa trajetória, em nossa luta, parcerias. Porque é assim que nós, mulheres negras, vamos avançar, fazer as leis, ser protagonistas da história do Brasil”, destacou durante diálogo na sede da CUT.

 

Falou ainda da importância da luta da classe trabalhadora para enfrentar as dificuldades. “Estamos fazendo resistência diante de um país injusto, volta toda a negrada para a senzala porque os donos da ‘casa grande’ não querem que a gente estude, tenha habitação, salário igual, dignidade. Estamos vivendo os piores dias de nossas vidas”.

 

Reforma da Previdência

 

A deputada federal do PT do Rio de Janeiro alertou para os prejuízos que a maioria da população terá caso seja aprovada a proposta de reforma da previdência do governo Bolsonaro. “Principalmente as mulheres negras, porque na tradição cultural da relação de trabalho temos tempos de carteira não assinada, de trabalho duro que não foi registrado e que muitas de nós estamos ainda trabalhando aos 58 anos de idade (por exemplo) numa casa de família; e com a reforma da previdência vamos ter que ter 40 anos de contribuição para aposentar, o que nos obrigará a aposentar com 80, 83 anos de idade”. A agenda em Goiânia ocorreu ontem, 27 de junho.

 

Sobre Benedita da Silva

 

Do movimento comunitário do morro Chapéu Mangueira, no Rio de Janeiro (RJ) aos mandatos políticos que exerceu e continuou exercendo, passando pelo engajamento em defesa da igualdade racial, dos direitos da mulher e da inclusão social, a deputada federal Benedita da Silva tem uma trajetória que reflete as lutas de todos aqueles que são excluídos e lutam por uma sociedade socialmente mais justa e democrática. Profissionalmente, é servidora pública, professora, auxiliar de enfermagem e Assistente social.

 

 

Cláudio Marques – *com informações da CUT-GO e de Gilzeli Sampaio

 

 

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br