Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUE CENTRAL > SINDISAÚDE-RS: TRABALHADORES DO IMESF ENTRAM EM ESTADO DE GREVE

Sindisaúde-RS: trabalhadores do IMESF entram em estado de greve

12/07/2019

A data-base de 2019, 1º de abril, passou, e a gestão novamente não apresentou nenhuma proposta de reajuste salarial.

Escrito por: Sindisaúde RS

 

 

Em assembleia realizada na terça (18/06), na sede do Cibai Imigrações, os trabalhadores vinculados ao IMESF decidiram dar prazo até o dia 28 para que a gestão apresente uma proposta de reajuste para o ano de 2019, cuja data-base é 1º de abril. No entanto, quanto ao reajuste dos anos de 2016, 2017 e 2018, a paciência dos colegas se esgotou, e eles definiram que o sindicato irá entrar com ação para solicitar o reajuste na Justiça do Trabalho.

 

Anos de 2016, 2017 e 2018

 

A decisão de ajuizamento dos anos anteriores acontece em virtude da absoluta falta de vontade da gestão de efetivar o direito da reposição das perdas anuais, reposição esta prevista no contrato de gestão do Instituto. Sindisaúde-RS e trabalhadores buscaram durante anos as vias de negociação, através de mesas de mediação no TRT-4 que vêm desde 2017, além das dezenas de atos de luta e a enorme paralisação de 2018 .

 

“O que observamos é que a gestão não quer, de fato, uma negociação. Eles querem é impor um pacote de maldades para seus funcionários, semelhante ao que pretendem para os municipários. Com isso, colocamos para vocês a situação e a possibilidade de ajuizar a ação”, explicou aos trabalhadores o secretário-geral, Julio Jesien. O dissídio coletivo foi aprovado por unanimidade na assembleia, cujos trabalhos foram conduzidos por Jesien, delegados sindicais do IMESF, pelo departamento jurídico e pelo vice-presidente, Julio Appel. O presidente Arlindo Ritter também esteve presente.

 

Ano de 2019

 

A data-base de 2019, 1º de abril, passou, e a gestão novamente não apresentou nenhuma proposta de reajuste salarial. Com isso, os trabalhadores definiram na assembleia de ontem dar prazo até 28 de junho, quando ocorre nova mediação na sede do TRT-4, às 11h.

 

Enquanto isso, os colegas se organizaram em comitês de mobilização: foram escolhidos um trabalhador por unidade de saúde para realizar conversas com os colegas, entregar materiais que serão confeccionados pelo sindicato, buscando criar a conscientização necessária para o caso de que a gestão novamente seja intransigente no dia 28 e não apresente proposta.

 

 

 

Stéfano Mariotto de Moura - Coordenador de Comunicação


 

 

 

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br