Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUE CENTRAL > SINSSP: VIDA SAUDÁVEL E A PROPORÇÃO DO ENVELHECIMENTO ATIVO

SINSSP: Vida saudável e a proporção do envelhecimento ativo

24/09/2021

Estamos envelhecendo e é importante compreender os paradigmas do envelhecimento, aproveitar oportunidades, atualizar conhecimentos e socializá-los, desmistificar concepções, mitos e preconceitos

Escrito por: SINSSP

 

A OMS tem traçado metas para que todos os setores priorizem e implementem o combate à discriminação etária, busquem por autonomia e apoiem o envelhecimento saudável. Para alcançá-las, incentiva e promove bases de conhecimento sobre gerontologia e geriatria através de iniciativas em treinamentos e pesquisas.

 

A abordagem do envelhecimento ativo proporciona uma base para o desenvolvimento de estratégias. Ao reunir os três pilares para ações de saúde, participação e segurança, oferece plataforma para construção consensual que abrange preocupações de diversos setores e regiões.

 

Para promoção do envelhecimento ativo, os sistemas de saúde necessitam de uma perspectiva do curso de vida que vise a promoção da saúde, a prevenção de doenças e acesso equitativo a cuidados primários e de longo prazo de qualidade.

 

A adoção de estilos de vida saudáveis e a participação ativa no cuidado da própria saúde são importantes em todos os estágios da vida. Um dos mitos do envelhecimento diz que se é tarde demais para adotar novos estilos no fim da vida, pelo contrário, o envolvimento em atividades físicas adequadas e mentais, alimentação saudável, abstinência do fumo e do álcool, evitar a automedicação, são algumas atitudes que auxiliam na prevenção de doenças e no declínio funcional, aumentando a qualidade de vida e promovendo longevidade.

 

Segundo o Projeto de Saúde do Ministério da Saúde, dietas ricas em gordura (saturada) e sal, pobres em frutas e legumes/verduras e que suprem uma quantidade insuficiente de fibras e vitaminas, combinadas ao sedentarismo, são os maiores fatores de risco de problemas crônicos, como diabete, doença cardiovascular, hipertensão, obesidade, artrite e alguns tipos de cânceres.

 

Estamos envelhecendo e a melhor forma de garantir uma boa saúde para o futuro é através da prevenção de doenças e promoção da saúde durante toda a vida.

 

Importante compreender os paradigmas do envelhecimento, aproveitar oportunidades, atualizar conhecimentos e socializá-los, desmistificar concepções, mitos e preconceitos.

 

Enfim, quem se prepara e adapta-se às mudanças vive melhor, estratégias pensadas e traçadas servem como gatilhos de proteção.

 

 

 

*Luci Mary dos Santos é Bacharel em Serviço Social, Especialista em Gerontologia; Membro da Rede de Proteção e Defesa da Pessoa Idosa (RPDI), Membro do Coletivo Envelhecer; integrante da equipe do SABE e Secretária Executiva do SINSSP.

 

 

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br