Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > SOCIALIZAR A RIQUEZA PARA ROMPER A DESIGUALDADE

Socializar a riqueza para romper a desigualdade

18/05/2009

Será o tema debatido em todo o estado nas articulações regionais do Cress

Escrito por: Fonte: CNTSS/CUT Foto: Divulgação

Socializar a riqueza para romper a desigualdade Clara Bisquola

Socializar a riqueza para romper a desigualdade, foi o tema do ato público para comemorar o dia do Assistente Social, ocorrido no dia 15 de março (sexta-feira), na Casa de Portugal, em São Paulo, promovido pelo Cress -SP - Conselho Regional de Serviço Social do Estado de São Paulo.

A presidente do Cress; Áurea Satomi Fuziwara, na abertura do ato enfatizou a importância de maior inserção nas lutas cotidianas em busca de autonomia de liberdade e igualdade. “Vivemos a criminalização da luta social, neste contexto de barbárie estamos na contra buscando uma ética civilizatória. Vivemos a mercantilizarão dos direitos. Enfrentar o debate é fundamental”.

O tema deste ano foi deliberado no encontro nacional do Conselho Nacional de Serviço Social em conjunto com o Conselho Regional de Serviço Social do Estado de São Paulo em setembro de 2008, para ser debatido em todos os estados. Segundo Áurea Fuziwara, neste ano serão realizadas conferências de direitos e políticas, espaços privilegiados de participação popular e os núcleos do Cress-SP atuarão nas articulações regionais, elaborando propostas baseadas nas suas realidades.

“A crise aponta para muitas dificuldades, cortes em investimento social, retirada de direitos dos trabalhadores. Por outro lado, potencializa a importância da luta social emancipatória, em que os sujeitos sociais ao compreenderem as causas da opressão possam identificar-se enquanto classe, agregando-se à defesa efetiva de outra sociedade. Nós vivemos em uma crise que pode ser prolongada e existe uma negação a essa realidade.

Para se ter uma idéia, o cartaz que fizemos esse ano para a nossa campanha em parceria com a CFESS - Conselho Federal de Serviço Social - com o tema Socializar a riqueza para romper a desigualdade, foi negado de ser veiculado nos vagões de metrô, com a alegação do departamento comercial que o tema e a imagem eram muito fortes”, finaliza Áurea.

Estiveram palestrando no ato, a assistente social e doutora em serviço social, Aldaíza Sposati, que tem combatido a lógica mercantilista dos direitos e defendido a Seguridade Social, sendo uma grande colaboradora da “Política da Assistência Social que seja estatal” que trouxe o tema” Seguridade Social e proteção social: lutas, desafios e conquistas por uma ética civilizatória e Gilmar Mauro, dirigente do MST, trazendo o tema A organização dos trabalhadores por outra sociedade, onde abordou a necessidade de conscientizar a sociedade em duas crises que alterarão a humanidade: a crise social e a crise ecológica.
  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br