Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > CNTSS/CUT INCENTIVA CAMPANHA DE ASSINATURAS DA REVISTA CARTA CAPITAL FEITA PARA TRABALHADORES E ENTIDADES CUTISTAS

CNTSS/CUT incentiva campanha de assinaturas da Revista Carta Capital feita para trabalhadores e entidades cutistas

06/07/2017

Iniciativa foi apresentada durante Ciclo de Debates “Liberdade de Expressão em Tempos de Golpe” promovido pela CUT São Paulo para dirigentes e profissionais de comunicação

Escrito por: Assessoria de Imprensa da CNTSS/CUT

 

A CNTSS/CUT – Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social, por meio de seu presidente Sandro Alex de Oliveira Cezar, destaca a importância que os seus Sindicatos e Federações filiadas participem da campanha de assinaturas da Revista Carta Capital proposta a partir de uma promoção específica para as entidades e trabalhadores cutistas.  A iniciativa nasceu durante o Ciclo de Debates com o tema “Liberdade de Expressão em Tempos de Golpe” proposto pela CUT – São Paulo. O primeiro encontro aconteceu na terça-feira, 04 de julho, em São Paulo, e contou com a colaboração do diretor da Revista, o jornalista Mino Carta. O debate reuniu os presidentes das CUTs Nacional e São Paulo, respectivamente Vagner Freitas e Douglas Izzo, dirigentes e profissionais de comunicação vindos de vários estados.

 

Veja abaixo a mensagem do presidente da CNTSS/CUT enviada às entidades filiadas à Confederação para participação na campanha:

 

 

Companheiras e companheiros,

 

“A classe trabalhadora tem travado uma batalha gigantesca nestes últimos tempos para manter seus direitos e ver o retorno da democracia em nosso país. Uma trama golpista jurídico-parlamentar-midiática tirou do poder o projeto democrático e popular inaugurado em 2003 com a posse do companheiro Lula e levado adiante por Dilma Rousseff. Um golpe conservador que teve como um dos seus mentores e verdadeiro protagonista os meios de comunicação oligopolizados de nosso país. O papel da grande mídia privada foi fundamental para a efetivação e manutenção do golpe. Esta condição tão peculiar trouxe para os movimentos sindical e popular o enorme desafio de furar este bloqueio conservador do controle da informação e do processo de divulgação da desinformação por meio de uma imprensa capitalista e retrógrada.

 

A CUT – Central Única dos Trabalhadores e suas entidades filiadas, entre as quais se encontra a CNTSS/CUT – Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social, têm buscando incansavelmente discutir esta situação e furar este bloqueio exercido contra as informações de interesse dos trabalhadores por meio de ações voltadas à democratização dos meios de comunicação e valorização dos veículos de imprensa atrelados à classe trabalhadora. A iniciativa mais recente foi tomada pela CUT São Paulo com a criação do Ciclo de Debates com o tema “Liberdade de Expressão em Tempos de Golpe”.

 

O primeiro encontro aconteceu em 04 de julho com a palestra do diretor da Revista Carta Capital, o jornalista Mino Carta. “A Casa G

rande é irredutível no seu ódio ao pobre, ela não cede nada e isso é preciso entender de uma vez por todas”. Foi com esta e muitas outras frases de forte significado que Mino Carta expôs suas ideias progressistas por meio de uma análise de conjuntura muito perspicaz “Se não houver um forte abalo social no país, não sairemos desta situação jamais. Ela continuará ad infinitum. Por isso, o papel do sindicato é fundamental nisso tudo, pois tem o contato direto com o trabalhador, que pertence à categoria dos pobres”, afirmou.

 

Foi um momento muito rico onde foi acertado por todos os dirigentes e profissionais de comunicação presentes, incluindo o aval dos presidentes Wagner Freitas e Douglas Izzo, respectivamente CUT Nacional e São Paulo, a realização de uma campanha de assinaturas da Revista Carta Capital a partir de uma promoção específica pensada para as CUTs e seus Sindicatos, Federações e Confederações. A CNTSS/CUT apoia esta importante iniciativa e quer aqui, por meio deste comunicado, conclamar suas entidades filiadas para assinarem a publicação e realizarem uma forte campanha neste sentido junto aos seus dirigentes e trabalhadores. Vamos fortalecer a Revista Carta Capital por sua importância e comprometimento com a luta dos trabalhadores e dos movimentos sociais progressistas. Para assinar é só entrar no link http://assinecarta.com.br/cut e preencher o cadastro.

 

Vagner Freitas fez um pronunciamento onde destacou a disputa contra o oligopólio da comunicação. “Temos tudo o que a direita não tem que é um partido consistente e uma liderança popular, mas eles têm recurso financeiro. O que faz a direita levar vantagem sobre nós é que ela dominou os meios de comunicação e há uma desigualdade nisso. Alguém aqui tem dúvida de que o golpe só foi possível por causa da Globo e adjacências? Sem o apoio da mídia tradicional isso não aconteceria. A Globo é o maior partido de oposição do Brasil”, 

afirmou.

 

Vamos todos nos empenhar neste grande desafio de fortalecer os canais de comunicação ligados aos trabalhadores. Criada em 1994 por Mino Carta, a Revista Carta Capital sempre teve em sua linha editorial este compromisso com a verdade dos fatos e a defesa dos interesses da classe trabalhadora e suas organizações de luta por mais direitos e mais democracia. Tenho certeza que esta campanha será assumida por todos nós, companheiros e companheiras da CNTSS/CUT, e que vamos conquistar mais esta batalha pela defesa da democratização da comunicação em um país onde poucas famílias detêm todos os grandes veículos de informação.”

 

Obrigados a todas e todos.

 

Sandro Alex de Oliveira Cezar

Presidente da CNTSS/CUT – Confederação Nacional dos

Trabalhadores em Seguridade Social

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

José Carlos Araújo

Assessoria de Imprensa da CNTSS/CUT

 

 

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:

Copyright @ CUT Central Única dos Trabalhadores | 3.820 - Entidades Filiadas | 7.890.353 - Sócio | 24.062.754 - Representados
CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP | Telefone (0xx11) 2108 9200 - Fax (0xx11) 2108 9310
CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF | Telefone: (0xx61) 3322 5062 e (0xx61) 3322-5060