Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > SINDSAÚDE MG: GREVE DOS SERVIDORES DO ESTADO ENTRA NO SEXTO DIA

Sindsaúde MG: greve dos servidores do estado entra no sexto dia

18/12/2018

Greve na saúde Trabalhadores da capital e interiores se mantém mobilizados até informação oficial sobre 13º

Escrito por: Sindsaúde MG

 

 

No sexto dia de greve dos servidores da saúde do estado (18/12), a categoria se reuniu na Praça Sete em protesto no aguardo do pronunciamento oficial do governo sobre a data do pagamento do 13º. Conforme anunciado na semana passada, mediante a suspensão da reunião do dia 14 de dezembro, o comunicado deverá ser feito na quarta-feira, 19/12. Também em Juiz de Fora, os trabalhadores da Hemominas se reuniram em frente à fundação em protesto pelo pagamento do benefício.

 

No momento atual, o sindicato aguarda o retorno do governo de acordo com o prazo estabelecido pela justiça de 72 horas para se posicionar a respeito do pagamento do 13º. Liminar deferida em resposta ao mandado de segurança impetrado na semana passada pelo departamento do jurídico do Sind-Saúde/MG. Tendo o prazo vencido na sexta-feira (14), a negligência do estado em informar aos trabalhadores a data do recebimento do benefício já é caracterizada como descumprimento da ordem judicial emitida na semana passada.

 

 

Sobre a Liminar da Justiça que questiona a greve dos trabalhadores, o sindicato segue aguardando o posicionamento judicial frente à contestação feita pelo jurídico da entidade. O Sind-Saúde/MG reafirma o caráter reivindicatório e constitucional do movimento e também do cumprimento das escalas mínimas. Não havendo, portanto, razões legais para a intimidação do movimento. A partir do momento que o sindicato comprova através das listas de presença e a orientação a todos os trabalhadores das exigências legais da greve, cumprindo sobretudo o ponto paralelo. A audiência que deve definir encaminhamentos sobre o caso está marcada para a tarde de hoje.

 

Dando sequência às atividades do movimento, amanhã será decidido em assembleia dos trabalhadores em greve, sobre a continuidade do movimento paredista. Os trabalhadores devem permanecer mobilizados até o comunicado do governo e daí decidirão sobre os rumos da greve.

 

 

Histórico

 

Os servidores do Sistema Estadual de Saúde se reuniram na quinta-feira, 13/12, no pátio da ALMG, para deliberar conjuntamente sobre as estratégias que serão adotadas pelo funcionalismo da saúde diante do posicionamento do governo do estado a respeito do pagamento do 13º dos servidores e escala de pagamento dos salários referentes ao mês de novembro. A greve foi deflagrada, conforme deliberação dos trabalhadores em assembleia geral dos servidores da saúde que ocorreu no dia 7 de dezembro, que decidiu pelo indicativo de greve. A condição de retorno às atividades é somente mediante pagamento do benefício natalino para toda a categoria da saúde ainda neste ano.

 

 

Apesar de ter sido veiculado na mídia nova informação sobre pronunciamento do governo a respeito do parcelamento dos salários, o Sind-Saúde/MG não recebeu nenhum comunicado oficial que confirmasse uma nova escala de pagamento dos servidores. De acordo com a informação divulgada no dia de ontem, apenas parte do Sistema Estadual de Saúde terá o recebimento da segunda parcela antes do Natal. Uma vez mais, a mídia apresenta que o governo mineiro tentou dividir a categoria, priorizando parte do sistema na quitação. Porém, a assembleia dos trabalhadores confirmou a união da categoria para defender o recebimento para todo o conjunto dos trabalhadores da saúde (Fhemig, Hemominas, ESP, SES e Unimontes), através da votação majoritária pela greve a partir do dia de hoje.

 

A direção do Sind-Saúde/MG reafirma a necessidade da luta da categoria para assegurar os benefícios já conquistados e garantir o recebimento do 13º, sobretudo tendo em vista a mudança de governo. Neste sentido, a união dos trabalhadores e trabalhadoras é imprescindível para mostrar à nova gestão o poder da categoria organizada.

 

 

 

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:

Copyright @ CUT Central Única dos Trabalhadores | 3.820 - Entidades Filiadas | 7.890.353 - Sócio | 24.062.754 - Representados
CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP | Telefone (0xx11) 2108 9200 - Fax (0xx11) 2108 9310
CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF | Telefone: (0xx61) 3322 5062 e (0xx61) 3322-5060