Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > GREVE GERAL JÁ COMEÇOU COM SUCESSO, DIZ PRESIDENTE DA CUT

Greve geral já começou com sucesso, diz presidente da CUT

14/06/2019

Vagner Freitas fala sobre os primeiros momentos da mobilização. Para ele, a greve, além de ser contra a reforma da Previdência, demonstra insatisfação clara do povo brasileiro com Bolsonaro

Escrito por: CUT

 

 

Em entrevista ao Jornal da CUT, Vagner Freitas, presidente nacional da central, falou sobre os primeiros momentos da greve geral deste dia 14 de junho, contra a reforma da Previdência, pela retomada do crescimento econômico, geração de emprego e renda e em defesa da educação.

 

Na avaliação do dirigente, que já esteve com os trabalhadores da Volkswagen que aderiram à paralisação, a greve foi construída para ser um grande movimento que vai mostrar a Jair Bolsonaro (PSL) a insatisfação dos trabalhadores e trabalhadoras com a condução do governo.

 

“É para ficar claro que o trabalhador não quer deixar de ter o direito de se aposentar e é um recado forte ao governo, de que tem que ter política de crescimento”, afirmou Vagner ao Jornal da CUT.

 

Povo foi enganado por Bolsonaro

 

As mobilizações dos dias 15 e 30 de maio, que levaram milhões de pessoas às ruas, em defesa da educação e contra os cortes de recursos para o setor foram preparativas para greve geral. Vagner explica que a forte mobilização, principalmente no dia 15 de maio, se deu por causa da organização sindical e porque o brasileiro se sentiu engando. Não podemos esquecer que essa mobilização foi convocada e organizada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), a princípio contra a reforma. Depois que o governo anunciou os cortes na educação, essa pauta foi incorporada à mobilização.

 

“Mentira tem perna curta. Ele mentiu para o povo, disse que ia resolver, mas agravou problemas. As propostas eram engodo e agora o povo sabe que está abandonado porque os trabalhadores não têm governo”, diz Vagner.

 

O governo odeia os trabalhadores. Desde o início propõe retirada de direitos e a greve geral demonstra que até mesmo quem votou em Bolsonaro está decepcionado- Vagner Freitas

 

Vagner também conclama a participar da greve quem não trabalha: “hoje é dia de ficar em casa. Dona de casa não vai ao supermercado, estudante não vai à escola, ninguém consome nada, para mostrar que nós temos forças para parar o país”.

 

Ouça o Jornal da CUT:
 

 

greve geral Rádio CUT Vagner Freitas reforma trabalhista começou a greve

 

https://www.cut.org.br/noticias/greve-geral-ja-comecou-com-sucesso-diz-presidente-da-cut-b8f5

 

Andre Accarini

 
 
 
  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br