Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > A GRAVE CRISE NO INSS SERÁ DISCUTIDA HOJE, 28/01, EM AUDIÊNCIA SOLICITADA PELA CNTSS/CUT E FENASPS COM PRESIDENTE DO INSTITUTO E REPRESENTANTES DO MINISTÉRIO DA ECONOMIA

A grave crise no INSS será discutida hoje, 28/01, em Audiência solicitada pela CNTSS/CUT e FENASPS com presidente do Instituto e representantes do Ministério da Economia

28/01/2020

Acontece nesta terça-feira, 28/01, às 16h, na sede do INSS, em Brasília, encontro entre lideranças dos servidores e responsáveis do INSS e da Economia para discutir o caos instalado no Instituto

Escrito por: Assessoria de Imprensa da CNTSS/CUT

 

A CNTSS/CUT – Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social e a FENASPS - Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social encaminharam recentemente ofício solicitando ao INSS – Instituto Nacional do Seguro Social e ao Ministério da Economia Audiência para discutir a grave crise que atinge o INSS, tema que já vinha sendo denunciado pelas lideranças dos trabalhadores e agora explodiu na mídia nacional. A agenda foi definida para hoje, terça-feira, 28 de janeiro, às 16 horas, na sede do Instituto, situada no Setor de Autarquias Sul – SAS, Quadra 02 – Bloco O – 10º Andar, Brasília – DF.

 

As lideranças dos servidores se reunirão com o presidente do INSS, Renato Vieira; o secretário Especial Adjunto de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Bianco; o secretário de Previdência do Ministério da Economia, Leonardo Rolim; e representantes técnicos de suas respectivas equipes. O principal ponto da pauta diz respeito a situação em que se encontra os serviços prestados no INSS, que, segundo levantamentos, inclusive divulgados pela mídia, possui uma fila de atendimento represada de cerca de 2,2 milhões de pedidos de aposentadoria para serem avaliados.

 

Os trabalhadores vão reiterar a opinião defendida também por especialistas técnicos da área que a medida pretendida pelo governo de incorporar militares no Instituto para realização dos serviços acumulados criará ainda mais problemas e estenderá por mais tempo a solução pretendida. Para as lideranças sindicais, a especificidade técnica deste trabalho levaria há um tempo muito grande de formação destes militares para terem compreensão dos processos realizados na área. Alternativas como chamamento de ex-servidores aposentados do INSS, a incorporação de pessoas aprovadas em concursos e a realização em regime de urgência de novos concursos são algumas das medidas apreciadas pelas lideranças dos trabalhadores.

 

Além destas medidas, as lideranças também vão cobrar dos representantes do governo investimentos em infraestrutura física e de tecnologia da informação para que seja possível a realização dos trabalhos por meio das plataformas existentes no Instituto, como o INSS Digital. Hoje, além da extrema defasagem no quadro de profissionais, em virtude do grande número de aposentadorias concedidas aos servidores do INSS sem que fosse realizado concursos para reposição, as péssimas condições de infraestrutura de comunicação se apresentam como um empecilho grave para a condução dos trabalhos e para atingir as metas estabelecidas pelo Instituto.

 

 

 

 

 

José Carlos Araújo

Assessoria de Imprensa da CNTSS/CUT

Tel: (11) – 2108-9195 / 2108-9156

Tel: (11) – 99414-9802

E-mail: imprensa@cntsscut.org.br

Web site:  www.cntsscut.org.br

Twitter: @cntsscut

Facebook: @cntsscut

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br