Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > NESTE FIM DE SEMANA TEM PROTESTOS CONTRA BOLSONARO E PELA VACINA EM TODO O PAÍS

Neste fim de semana tem protestos contra Bolsonaro e pela vacina em todo o país

17/02/2021

Carreatas #ForaBolsonaro e pela vacina para todos já estão confirmadas em várias cidades. Protesto é a voz do povo dizendo que não tolera mais o desgoverno de Bolsonaro, diz Secretária Geral da CUT

Escrito por: CUT

 

A voz do povo brasileiro vai ecoar pelas ruas de várias cidades do país, mais uma vez, neste fim de semana. As mobilizações em formato de carreatas e bicicletadas vêm, cada vez mais, unindo a população em torno de dois gritos, o #ForaBolsonaro e #VacinaJá. Os atos estão sendo organizados pela CUT e demais entidades que fazem parte das frentes Brasil Popular e Povo sem Medo. Confira no final do texto as cidades que já confirmaram os atos.

 

A bandeira dos protestos é o impeachment do presidente Jair Bolsonaro (ex-PSL). As reivindicações são por Vacina Já e para todos e uma política eficaz de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus, que já matou mais de 240 mil pessoas no país, pela volta do auxílio emergencial, contra o desemprego e contra os altos preços dos alimentos. Tudo isso é consequência da política desastrosa de Bolsonaro.

 

Para a CUT e os movimentos sociais, assim como para grande parcela da população, além de negar a pandemia e fazer pouco caso das mortes por Covid-19, Bolsonaro não é capaz de resolver os problemas sociais e econômicos e recolocar o país no caminho do desenvolvimento com proteção social.

 

Pelo contrário, mergulha o país na crise, com sua política econômica de ajuste fiscal que penaliza os trabalhadores e trabalhadoras, em especial os mais pobres, e que vem desde o início de seu mandato, como continuidade do governo golpista de Michel Temer (MDB).

 

E após quase um ano de pandemia, 2021 começou com a perspectiva de agravamento da crise sanitária e sem uma luz no fim do túnel para o Brasil sair desse caos econômico e social. A afirmação é da Secretária Geral da CUT, Carmen Foro.

 

Ela aponta a fome e a miséria de milhões de brasileiros, além das mortes provocadas pelo novo coronavírus como as consequências mais graves da postura e ações de Jair Bolsonaro e motivo principal de o povo brasileiro não suportar mais a situação do país.

 

“Não podemos normalizar a convivência com o vírus. Essa doença está matando muita gente por falta de uma política humanitária de enfrentamento à pandemia. Não é normal. Também não é natural que as pessoas passem fome, por continuarem desempregadas e sem um mínimo de condição para manter o mais básico em suas vidas”, diz a dirigente.

 

Para Carmen, as crescentes manifestações contra Bolsonaro refletem o descontentamento do povo brasileiro com o Governo Federal. A população, diz, tem acordado e se levantado cada vez mais contra Bolsonaro.

 

“O povo está vendo o governo gastar milhões em coisas como leite condensado, cerveja e picanha, principalmente para os militares, outros milhões para comprar o voto de deputados para eleger os aliados para a presidência do Congresso, enquanto diz que não pode pagar o auxílio emergencial de R$ 600, que é fundamental para salvar vidas durante a pandemia – para não deixar pessoas morrerem de fome”, ela diz.

 

Leia mais: Com redução do auxílio para R$ 300, milhões de pessoas caíram na linha da pobreza

 

Pressão no Congresso

 

Os atos têm como objetivo principal mostrar ao presidente da Câmara, deputado Artur Lira, que a maioria dos brasileiros está nas ruas porque não suporta mais a falta de responsabilidade de Bolsonaro para cuidar da economia, por não adotar políticas de geração de emprego e renda, além de negligenciar o enfrentamento à pandemia.

 

Entre os atos de Bolsonaro, Carmen Foro cita como intoleráveis o atraso do país para dar início à vacinação e o descaso com a saúde pública, que em Manaus, por exemplo, chegou ao colapso absoluto com pessoas morrendo por falta de oxigênio, sem que o governo tenha tomado qualquer providência para evitar a situação. “E poderia ter evitado mais mortes”, pontua a dirigente.

 

A má condução do enfrentamento à Covid-19 pelo governo Bolsonaro também inclui as campanhas em favor da utilização de medicamentos que não têm nenhuma eficácia comprovada e conforme dizem os especialistas – médicos infectologistas – podem provocar danos colaterais muito sérios. “Uma política genocida”, diz a secretária Geral da CUT.

 

“Basta! Não tem mais como continuar convivendo com essa situação. Não é normal”

 

Para a CUT e demais entidades que fazem parte das frentes Brasil Popular e Povo sem Medo, não será possível o Brasil sair da crise com Bolsonaro no governo. Carmen Foro explica que análises feitas por especialistas em economia e política apontam para única perspectiva: “É uma necessidade este homem sair do governo para o que país seja reconduzido a um caminho de geração de emprego e renda, e de cuidados com as pessoas, de superação da fome”, ela diz.

 

“A morte pela covid-19 mexe profundamente com todos, mas a fome é algo hediondo. Basta de famílias inteiras nas ruas sem ter o que comer e em um país tão rico como o nosso,” Carmen Foro

 

Veja alguns locais onde carreatas já estão confirmadas:

 

Brasília

Carreatas partirão de diversos pontos do DF, a partir das 8h, em direção ao Palácio do Buriti, onde ocorre a concentração. O início da carreta oficial, que seguirá pela Esplanada dos Ministérios é às 10h30.

 

Ceará

Fortaleza: carreata e bicicletada no sábado, dia 20, a partir das 15h, com concentração em frente à estátua de Iracema. O ato inclui como bandeira de protesto a defesa da aposentadoria dos servidores de Fortaleza e contra a flexibilização do porte de armas.

 

Mato Grosso do Sul

Campo Grande: ‘Carreata pela vida, pelo emprego, pelo auxílio emergencial e #ForaBolsonaro. Concentração às 10h na Avenida Gury Marques, próximo ao terminal rodoviário.

 

Pará

Belém: carreata #ForaBolsonaro e #nãoàReformaAdministrativa, no sábado, dia 20, às 9h com concentração na Aldeia Cabana

 

Pernambuco

Recife: tem concentração a partir das 09h, na antiga fábrica da Macaxeira, Av.Norte. 

 

Rio Grande do Norte

Natal: carreata com concentração no Acesso à Mãe Luiza, na Via Costeira, às 8h30, domingo (21). 

 

Rio Grande do Sul

Porto Alegre: concentração às 10h na Rótula das Cuias (Parque Harmonia). A carreata seguirá pelas ruas da cidade a partir ds 11h. 

 

Santa Catarina

No estado, as manifestações serão realizadas do domingo, 21/02

Florianópolis: carreata e bicicletada com concentração às 9h30 em frente à ALESC (para quem mora na ilha) e no estacionamento da Beira Mar de São José (para quem mora no continente)

Joinville: carreata com concentração a partir das 9h30, na Arena Joinville

Blumenau: carreata com saída às 9h30 da Prefeitura de Blumenau

 

Rio do Sul

Carreata com concentração no Parque Municipal, às 13h30

Lages: ato unificado na Praça João Costa, no Centro, às 15hh00

 

São Paulo

 

DIA 20

Arujá: 8h - Rua Serra dos Canudos - Mirante (ao lado da Escola Estadual Geraldo Barbosa de Almeida)

Itaquaquecetuba: 8h30 - Rodovia Alberto Hinoto (altura da Marfinite) 

Ferraz de Vasconcelos: 9h - Avenida Gov. Jânio Quadros, 2191 (altura do Ethernety Motel) 

Mogi das Cruzes: 9h – Concentração na Avenida Cívica 

Poá: 9h30 - Avenida Vital Brasil (divisa com Itaquaquecetuba) 

Suzano: 10h30 - Avenida Brasil (altura do Parque Max Feffer) 

Piracicaba: 9h – Concentração no Bolsão do Estacionamento da Estação Paulista 

Jacareí (Vale do Paraíba): 9h30 – Concentração em frente ao Parque da Cidade

Campinas: 10h – Concentração no Largo do Pará

Capital: Saídas de diferentes pontos, às 14h, com destino à Avenida Paulista

-Praça Charles Miller (Estacionamento do Pacaembu)

-Avenida Vitor Manzini (Largo do Socorro)

-Em frente ao Itaquerão (estacionamento)

 

DIA 21

Ribeirão Preto: 9h - Concentração em frente à Câmara Municipal (Avenida Jerônimo Gonçalves, 1200 - Centro)

Itapevi: 9h – Concentração em frente à Apeoesp (Rua Ezequiel Dias Siqueira, 178 - Jardim Rainha)

Araçatuba: 9h30 – Concentração na Avenida Odorindo Perenha (ao lado do supermercado Rondon, loja 4)

Santos: 15h – Concentração na Avenida Mário Covas, em frente ao OGMO

 

 

 

Andre Accarini

 

 

Fonte: https://bit.ly/2NF3RVB


 

 

 

 

 

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br