Twitter Facebook

CNTSS > ARTIGOS > MARIELLE FRANCO, PRESENTE!

Marielle Franco, presente!

Escrito po: Maria Julia Reis Nogueira / Rosana de Sousa Fernandes

15/03/2018

Precisamos seguir lutando todos os dias para acabar com o fascismo que se instalou no Brasil e o genocídio da população negra.

 

"Quantos mais vão precisar morrer para que essa guerra acabe?", escreveu Marielle Franco em sua conta no twitter um dia antes de ser assassinada, reclamando da violência na cidade e questionando ação da Polícia Militar.

 

Marielle, mulher negra, feminista, periférica, lésbica e mãe. Na noite de ontem, 14 de março, foi assassinada quando voltava de um evento na Lapa, no Rio de Janeiro. O motorista Anderson Pedro Gomes também foi morto.

 

Era nascida e criada na Maré, onde ainda residia. Socióloga formada pela PUC – Pontifícia Universidade Católica, onde ingressou com bolsa integral, e fez mestrado em Administração Pública na UFF – Universidade Federal Fluminense. Trabalhou em organizações da sociedade civil como a Brasil Foundation, no Centro de Ações Solidárias da Maré (Ceasm), e coordenou a Comissão de Defesa dos Direitos Humanos e Cidadania da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). Marielle deixa uma filha.

 

Foi a quinta vereadora mais votada na segunda maior capital do país e sua candidatura teve forte carga simbólica, e suas bandeiras eram o feminismo, a luta antirracismo e a defesa das populações faveladas. No dia 28 de fevereiro havia sido nomeada relatora da Comissão que iria acompanhar a intervenção militar no Rio de Janeiro e no dia 10 de março denunciou a violência policial em Acari.

 

Estamos incrédulos. Estamos por nossa própria conta. Precisamos seguir lutando todos os dias para acabar com o fascismo que se instalou no Brasil e o genocídio da população negra.

 

Que a força demonstrada por Marielle seja a nossa força. Que seu brilho, coragem, inteligência, determinação, garra e simpatia sigam nos inspirando e iluminando. Não vamos desistir.

 

Marielle Franco, presente!

 

 

Maria Julia Reis Nogueira e Rosana de Sousa Fernandes, respectivamente secretária Nacional de Combate ao Racismo da CUT - Central Única dos Trabalhadores e secretária Nacional Adjunta de Combate ao Racismo da CUT

 

 

 

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:

Copyright @ CUT Central Única dos Trabalhadores | 3.820 - Entidades Filiadas | 7.890.353 - Sócio | 24.062.754 - Representados
CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP | Telefone (0xx11) 2108 9200 - Fax (0xx11) 2108 9310
CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF | Telefone: (0xx61) 3322 5062 e (0xx61) 3322-5060