Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > ACONTECE > VAMOS REFORÇAR NOSSA LUTA CONTRA A PRECARIZAÇÃO

Vamos reforçar nossa luta contra a precarização

28/08/2009

Escrito por: Fonte - Psind-MG

Vamos reforçar nossa luta contra a precarização
Neste dia e durante esta semana acontecem vários eventos em todo Brasil, tais como: congressos, seminários, simpósios, entre outros, tendo como objetivo comemorar, divulgar, valorizar e implementar propostas compatíveis, às condições e relações de trabalho do psicólogo(a), bem como manter o enfretamento às políticas neo-liberais que fazem da saúde mercadoria, voltadas para a precarização do trabalho, investindo a maioria dos recursos do SUS na atenção secundária e terciária, quando pela própria vocação do SUS, os investimentos deveriam ser canalizados em sua maioria, para a atenção básica (primária), que trata da prevenção, além do enfretamento do sistema público com o sistema privado de saúde.

Do ponto de vista da gestão do trabalho, os servidores do ramo da seguridade social ( saúde, assistência e previdência) têm sido tratados com desrespeito, em condições e relações de trabalho precarizadas e relegados muitas vezes ao abandono, uma vez que, na área pública as tabelas dos Planos de Carreira, Cargos e Salários não têm sido corrigidas e na área privada os trabalhadores são empurrados para o desemprego, quer seja em nome da crise financeira mundial provocada pelo capitalismo, ou em nome do conceito perverso de empregabilidade, que diz que o trabalhador para garantir o seu emprego, precisa ter sintonia com a mente, o físico, a emoção e o espiritual, bom relacionamento, ter reserva financeira e outras fontes alternativas, ter excelente formação acadêmica, boa aparência, bons contatos, ter e manter bom relacionamento familiar e social, dominar idiomas e ter identificação com a empresa. Quando o mesmo não preenche essas qualidades, culpa o trabalhador pela sua incompetência, inabilidade e incapacidade de conseguir o emprego, justificando com esses argumentos que o mercado de trabalho carece de mão de obra especializada e qualificada.

Não obstante, o trabalhador, aqui especificamente o psicólogo, além do alto investimento financeiro na formação acadêmica, tem que investir em sua psicoterapia e para conseguir um emprego, submeter-se as leis do mercado de trabalho que diz que o trabalhador tem que fazer cada vez mais cursos de pós-graduação, extensão e especializações para desenvolver habilidades e competências e assim tentar enfrentar o mercado de trabalho, e garantir sua empregabilidade.

Educação tornou-se mercadoria.

O PSINDMG entende que primeiro deve ser garantido uma Empregabilidade que seja Universal e Integral; que habilidades e competências derivam de saberes e fazeres. As empregadoras devem garantir formação e treinamento, permanentemente, aos recrutados e aos seus empregados, oferecendo-lhes inclusive, igualdade de oportunidade no trabalho (gênero) e garantindo todos os seus direitos previstos na Consolidação das Leis Trabalhistas - CLT e pela Organização Internacional do Trabalho - OIT, entre outras.
No caso específico do trabalho do psicólogo, um grande enfrentamento é lutar para que o poder público e a sociedade reconheçam que o trabalho do psicólogo(a) é de cabal importância em todas as áreas que requerem o chamado e a intervenção desse profissional para quem dele precise.
Temos muito que fazer, temos muito que lutar.
Ajude-nos a organizar a nossa categoria.

Parabéns pela passagem do dia 27 de agosto.
Dia do Psicólogo(a).

A Diretoria.

Solicitamos anotarem nosso novo e-mail:
psindmg@psindmg.org.br



  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br