Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > ACONTECE > SINTFESP GO TO: INDICATIVO DE GREVE É APROVADO EM ASSEMBLEIA DE TRABALHADORES DO INSS E MINISTÉRIO DA SAÚDE

Sintfesp Go TO: indicativo de greve é aprovado em assembleia de trabalhadores do INSS e Ministério da Saúde

18/03/2022

Além da recomposição salarial de 19,99%, trabalhadores também reivindicam o arquivamento da PEC 32 e a revogação da Emenda Constitucional 95/2016, do “teto de gastos”

Escrito por: Sintfesp Go TO

 

O indicativo de greve em Goiás e Tocantins reforça mobilização nacional das entidades de servidoras e servidores públicos de todo o País que convocam possível greve geral a partir do dia 23 de março. Categoria luta pela recomposição salarial de 19,99%, pelo arquivamento da PEC 32 e pela revogação da EC 95/2016, do “teto de gastos”

 

Trabalhadoras e trabalhadores do INSS e do Ministério da Saúde em Goiás e Tocantins aprovaram indicativo de greve em assembleia geral na noite de 18/3. O indicativo segue mobilização de caráter nacional, que prevê  a partir do dia 23 de março a deflagração de possível greve geral dos Servidores Públicos Federais de todo o País. A decisão é motivada pelo descaso do atual governo que mantém os salários da categoria sem reajuste desde 2015.

 

Reivindicações

 

Além da recomposição salarial de 19,99%, trabalhadoras e trabalhadores também reivindicam o arquivamento da PEC 32 (a chamada “reforma administrativa”) e a revogação da Emenda Constitucional 95/2016, do “teto de gastos”.

 

Luta nacional

 

Essa semana foi de intensa mobilização nacional, com a realização de manifestações em várias capitais. Em Brasília, cerca de 5 mil pessoas marcharam pedindo a recomposição salarial de 19,99%, referente a 3 anos de perdas com a inflação, conforme documento protocolado no dia 18 de janeiro no Ministério da Economia, com pedido de abertura de negociação.

 

Governo insensível

 

Apesar de toda a mobilização e tentativa de diálogo pelas entidades representativas de trabalhadores e trabalhadoras, o Governo Federal tem se recusado a negociar. A última negociação sobre salário ocorreu em 2015, durante a gestão da ex-presidenta Dilma Rousseff.
Aliada à falta de negociação, a inflação dos últimos anos tem corroído o poder de compra de todos os brasileiros. Tudo isso, em um cenário de “orçamentos secretos”, reajustes absurdos dos combustíveis e refinanciamento de dívidas de banqueiros.

 

Luta unificada

 

Diante do descaso e do caos vivido pelos servidores, está marcada para o dia 23 de março, em Brasília, a Assembleia Geral Unificada que vai votar a Greve Geral. Até lá, as servidoras e servidores públicos, seguindo orientação do Fonasefe, farão vigília diária em frente ao Ministério da Economia, para pressionar o Governo Federal a estabelecer um canal de negociação sobre as pautas dos SPFs. “Vamos parar o país para pedir que os direitos de quem contribui fortemente para construir esta nação sejam respeitados”, destaca a direção do SINTFESP-GO/TO.

 

Venha pra luta você também!

 

A diretoria colegiada do Sintfesp-Go/To reforça a importância da mobilização e da participação de todos, servidoras e servidores ativos e inativos do serviço público federal. O momento é importante para todas as carreiras e categorias. Se ficarmos parados, mais um ano chegará ao fim sem que tenhamos nossa reposição salarial garantida.

 

A sua participação é importante!

 

 

 

*Com informações da CUT, Fenasps, CNTSS, Sintsep-GO e Fasubra

 

 

 

Fonte: https://bit.ly/3qgWC6O

 

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br