Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > ACONTECE > CAMPANHA JUNHO VERMELHO: MÊS DA DOAÇÃO DE SANGUE

Campanha junho vermelho: mês da doação de sangue

10/06/2022

O limite superior para a primeira doação é 60 anos. Quem tem 61 anos ou mais e nunca doou está inapto

Escrito por: Sindsaúde SP

 

O Dia Mundial do Doador de Sangue é celebrado em 20 de junho, por isso ao longo do mês temos a Campanha Junho Vermelho. Uma única doação pode salvar a vida de até quatro pessoas, por isso, os bancos de sangue são essenciais para a Saúde Pública.

 

Doar sangue é um ato voluntário e o corpo repõe a quantidade de sangue doada em até um dia. O sangue doado pode ser utilizado em diversas situações, por exemplo, em pacientes que fazem tratamento de quimioterapia, em cirurgias, em pessoas com leucemia, transplantado, entre outros.

 

De acordo com a Pró Sangue – Hemocentro de São Paulo – para doar sangue é necessário fazer o agendamento online, que pode ser acessado pelo link https://prosangue.hubglobe.com

 

Os requisitos básicos para doação de sangue são:

 

» estar em boas condições de saúde;

» ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos (menores de 18 anos, clique para ver documentos necessários e formulário de autorização);

» pesar no mínimo 50kg;

» estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas);

» estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação);

» apresentar documento original com foto recente, que permita a identificação do candidato, emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade ou cópia autenticada; Cartão de Identidade de Profissional Liberal; Carteira de Trabalho e Previdência Social; Carteira Nacional de Habilitação, digital ou física; RNE - Registro Nacional de Estrangeiro; Título de Eleitor Digital, desde que tenha a foto; e Passaporte brasileiro com filiação).

 

Algumas situações impedem que as pessoas de doar sangue:

 

» tiver peso inferior a 50 quilos;

» estiver com anemia no teste realizado imediatamente antes da doação;

» estiver com hipertensão ou hipotensão arterial no momento da doação;

» estiver com aumento ou diminuição dos batimentos cardíacos no momento da doação;

» estiver com febre no dia da doação;

» estiver grávida;

» estiver amamentando, a menos que o parto tenha ocorrido há mais de 12 meses.

Obs.: o limite superior para a primeira doação é 60 anos. Quem tem 61 anos ou mais e nunca doou está inapto.

 

Você nunca poderá ser doador de sangue se:

 

» tem ou teve um teste positivo para HIV;

» teve hepatite após os 10 anos de idade;

» já teve malária;

» tem doença de chagas;

» recebeu enxerto de duramater;

» teve algum tipo de câncer, incluindo leucemia;

» tem graves problemas no pulmão, coração, rins ou fígado;

» tem problema de coagulação de sangue;

» é diabético com complicações vasculares ou em uso de insulina;

» teve tuberculose extra-pulmonar;

» já teve elefantíase;

» já teve hanseníase;

» já teve calazar (leishmaniose visceral);

» já teve leishmaniose tegumentar ou cutânea;

» já teve brucelose;

» já teve esquistossomose hepatoesplênica;

» tem alguma doença que gere inimputabilidade jurídica;

» foi submetido a transplante de órgãos ou de medula;

» tem Mal de Parkinson.

 

Doe sangue e salve vidas!

 

 

 

 

Fonte: https://bit.ly/3aHAY6R

07/06/2022

 

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br