Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > ACONTECE > METALÚRGICOS DO ESTADO DE SP CONQUISTAM O MAIOR AUMENTO REAL DO PAÍS, MOSTRA DIEESE

Metalúrgicos do Estado de SP conquistam o maior aumento real do País, mostra Dieese

12/11/2010

Escrito por: Agência FEM-CUT

Metalúrgicos do Estado de SP conquistam o maior aumento real do País, mostra Dieese Um estudo da Subseção do Dieese da FEM-CUT/SP mostra que a categoria metalúrgica cutista do Estado de SP conquistou o maior aumento real do País neste ano na Campanha Salarial. A pesquisa foi realizada pelo técnico André Cardoso e apresentada durante a Plenária da Federação, realizada na quinta, dia 11, na sede da entidade, em São Bernardo do Campo.

Segundo o estudo, cerca de 260 mil metalúrgicos de todo o Estado tiveram ganhos reais acima de 4% da inflação (9% o reajuste total para a maioria dos setores metalúrgicos da base da Federação);nas Montadoras os ganhos reais alcançaram 6,25% (10,81% - beneficiando os metalúrgicos do ABC paulista, Taubaté e São Carlos).

Outras duas categorias relevantes, que assim como o ramo metalúrgico cutista tem data-base em setembro, os bancários conquistaram aumento salarial de 7,5% (3,08% de aumento real) e os químicos tiveram 8% (2,82% de aumento real).

No acumulado de 2002 a 2010, os metalúrgicos que trabalham nos setores dos Grupos* 2, 3, 8 e 10 (ver boxe abaixo), Estamparia e Fundição conquistaram um ganho acumulado no setor em torno de 25% e nas montadoras o ganho real foi de 30,8%.

O presidente da FEM-CUT/SP, Valmir Marques (Biro Biro), disse que a Campanha foi extremamente vitoriosa e toda a categoria metalúrgica está de parabéns. “Conquistamos duas vitórias marcantes: os nossos aumentos salariais foram os maiores do Brasil e a eleição da nossa companheira Dilma Roussef para a presidência da República”, frisou.

Base FEM-CUTSP
A FEM-CUT/SP tem 13 sindicatos metalúrgicos filiados em todo o Estado e é a interlocutora dos trabalhadores nas negociações da Campanha Salarial com as bancadas patronais. A Federação negocia agora com sete bancadas: Montadoras (representada pelo Sindicato Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores - Sinfavea), Grupo 2 (máquinas e eletrônicos) Grupo 3 (autopeças, forjaria, parafusos), Grupo 8 (trefilação, laminação de metais ferrosos; refrigeração, equipamentos ferroviários, rodoviários entre outros); Grupo 10 (reúne os sindicatos patronais dos setores de lâmpadas, equipamentos odontológicos, iluminação, material bélico entre outros) Estamparia e Fundição. A data-base do ramo é 1º de setembro e estão na base da Federação cerca de 251 mil metalúrgicos e metalúrgicas em todo o Estado.

Foto - Biro Biro na Plenária da FEM CUT/SP realizada na quinta, dia 11 (Foto: José Alfredo - CNM-CUT)

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br