Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > ACONTECE > CAMPANHA SALARIAL: BANCÁRIOS DEFINEM PAUTA DE REIVINDICAÇÕES

Campanha Salarial: bancários definem pauta de reivindicações

27/07/2010

Escrito por: Postado por Clara Bisquola

Campanha Salarial: bancários definem pauta de reivindicações Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região

Os bancários de todo os país definiram na 12ª Conferência Nacional a pauta de reivindicações da categoria para a Campanha Nacional Unificada 2010, a ser entregue à federação dos bancos (Fenaban) nas primeiras semanas de agosto. A data base dos bancários é em 1º de setembro.

Os trabalhadores querem reajuste salarial de 11% (5% de aumento real mais a inflação projetada de 5,71%), Participação nos Lucros e Resultados (PLR) de três salários mais R$ 4 mil; vale-refeição e vale-alimentação no valor de um salário mínimo (R$ 510). Os bancários querem ainda o fim do assédio moral e das metas abusivas, mais segurança e empregos.

“A pauta que será entregue aos banqueiros é resultado de um amplo debate e da defesa das diferentes necessidades dos trabalhadores que além da valorização salarial, em um dos setores mais lucrativos, querem melhores condições de trabalho, principalmente em relação à saúde e à segurança”, disse a presidenta do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região, Juvandia Moreira, lembrando que os bancários mantêm há 18 anos uma Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) que vale para os empregados de bancos em qualquer cidade do Brasil.

Eleições 2010 - Os delegados eleitos para participar da 12ª Conferência Nacional dos Bancários aprovaram apoio à continuidade da atual política do governo federal, já que na avaliação dos participantes há dois projetos antagônicos em disputa, um que privatizou e reduziu postos de trabalho, e outro, que gerou emprego e renda, representado pela candidata Dilma Roussef.


Confira os principais itens da pauta de reivindicação

• Reajuste Salarial - 5% de aumento real, além da inflação projetada de 5,71%
• PLR - três salários mais R$ 4 mil
• Piso - Salário mínimo do Dieese (R$ 2.157,88)
• Vales Alimentação e Refeição - Salário Mínimo Nacional (R$ 510)
• PCCS - Para todos os bancários
• Auxílio-educação - pagamento para graduação e pós.
• Emprego - Ampliação das contratações, combate às terceirizações, aprovação da Convenção 158 da OIT (contra demissões imotivadas)
• Cumprimento da jornada de 6 horas
• Fim das metas abusivas
• Fim do assédio moral
• Mais segurança nas agências bancárias
• Previdência complementar para todos os trabalhadores
• Contratação da remuneração total
• Igualdade de oportunidades

Dados da Categoria - Os bancários são uma das poucas categorias no país que possui Contrato Coletivo de Trabalho (CCT) com validade nacional. Os direitos conquistados têm legitimidade em todo o país. São 460 mil bancários no Brasil, sendo 130 mil na base do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região.

Presidenta assume Sindicato
Juvandia Moreira, bancária do Bradesco, é a presidenta do Sindicato desde 28 de maio e ajuda a escrever mais um capítulo da história de vanguarda no movimento sindical, ao se tornar a primeira mulher a chegar à presidência do maior sindicato dos bancários do Brasil. Ela é formada em Direito e pós-graduada em Relações Internacionais. Em 1997 ingressou no Sindicato, foi diretora de Assuntos Jurídicos, de Organização e nos últimos seis anos esteve à frente da Secretaria Geral da entidade.

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br