Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUE CENTRAL > SINDSAÚDE-SP CONQUISTA RECOMPOSIÇÃO SALARIAL DE 8,22% PARA SERVIDORES(AS) DA SAÚDE DE POÁ

SindSaúde-SP conquista recomposição salarial de 8,22% para servidores(as) da Saúde de Poá

22/05/2019

Reajuste tem o maior índice conquistado na região. Sindicato continuará negociando pautas sociais

Escrito por: SindSaúde-SP

 

 

O Sindicato dos Trabalhadores Públicos da Saúde no Estado de São Paulo (SindSaúde-SP), ao lado de outros representantes sindicais, conquistou a recomposição salarial de 8,22%, retroativo a 1º de maio de 2019, para as servidoras e servidores de Poá, município da região metropolitana de São Paulo, localizado a 34 quilômetros da capital paulista. Além disso, o vale-alimentação terá um reajuste de 19,4%, passando de 335,00 para R$ 400,00 ainda este mês.


As trabalhadoras e trabalhadores de Poá estavam sem reajuste desde 2016 e o SindSaúde-SP considera a conquista um fato histórico, pois ao lado de outros três sindicatos (Associação dos Profissionais e Trabalhadores da Educação da Estância Hidromineral de Poá Apep/Poá; Sindicato dos Servidores Públicos – Sinserp; e Sindicato dos Professores das Escolas Públicas Municipais - Sineduc) defendendo uma pauta única para as várias categorias trabalhistas da cidade, garantiram o maior reajuste da região.


A presidenta do SindSaúde-SP, Cleonice Ribeiro, reforça que a luta continua, pois há outros pontos que são específicos para as trabalhadoras e trabalhadores da saúde que ainda precisam ser negociados. “A gente vem ao longo dos anos tentando negociar com a prefeitura, em nome dos trabalhadores da saúde, reforçamos que é de extrema importância esse diálogo e conquistamos o reajuste, mas ainda há outras reivindicações pendentes”, reforça Cleonice.


Kátia Aparecida dos Santos, diretora do SindSaúde-SP na região do Alto Tietê e Mogi das Cruzes, que também participou da reunião, informou que entre os itens da pauta de reivindicações para as trabalhadoras e trabalhadores da saúde municipal está o aumento real de 20%, o qual já foi acordado judicialmente em dezembro de 2013; o reconhecimento de três folgas para enfermagem; a regularização de hora-extra e uma folga para as trabalhadoras e trabalhadores escalados para atuarem nas campanhas de vacinação; reconhecimento da folga-prêmio, referente ao dia da enfermagem; abertura de novos concursos; transparência nos processos de transferências de profissionais; concessão da regularização dos cargos e funções dos profissionais, inclusive chefias; concessão da insalubridade de 40% sobre o salário-base para a equipe de enfermagem; implementação do Serviços Especializados em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMET).


A próxima reunião com a administração municipal está prevista para o mês de junho. “Percebemos que este início de negociação teve um resultado positivo e estamos certos que nossos direitos se farão presentes no exercício de nossas atividades! Assim como os sindicatos se uniram para conseguir aumentar sua força de negociação, é necessária a união de todos os trabalhadores em apoio a seus Sindicatos, para que possamos avançar ainda mais”, salienta a presidenta do SindSaúde-SP.

 

 

Nádia Machado, do SindSaúde-SP

 

 

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br