Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUE CENTRAL > SINDSAÚDE ABC PRESENTE NA MARCHA DAS MARGARIDAS

SindSaúde ABC presente na Marcha das Margaridas

29/08/2019

Esta é a mais importante mobilização conjunta de mulheres da América Latina

Escrito por: SindSaúde ABC

 

 

O SindSaúde ABC participou, em Brasília, da Marcha das Margaridas, a mais importante mobilização conjunta de mulheres da América Latina, que conta com um raio de apoio que extrapola os limites do continente. Ao todo, a passeata tem representantes de cerca de 26 países, como Uruguai, Paraguai, Argentina, Chile, Guatemala, Austrália, Inglaterra, Suíça e Quênia.

 

“A marcha é um movimento de resistência, tem a ver com as lutas antigas e atuais das mulheres e do conjunto da classe trabalhadora; este ano a marcha é também uma resistência ao atual governo e à maioria dos deputados federais, que só retiram direitos dos trabalhadores, como a reforma trabalhista e da Previdência”, disse Daniel Tomandl, diretor que representa o SindSaúde ABC.

 

A programação do evento inclui atividades culturais, formativas e políticas durante todo o dia de ontem, anunciando a chegada da tradicional passeata, que percorre a Esplanada dos Ministérios na quarta (14), a partir das 7h.

 

Esta é a sexta edição da marcha, coordenada pela Confederação Nacional de Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares (Contag), com a parceria de organizações sociais, movimentos populares, movimentos de mulheres e movimento sindical. Estão participando cerca de 100 mil pessoas, a grande maioria mulheres do campo, da floresta e das águas.

 

Margarida – Trabalhadoras do campo e da cidade de todos os estados realizam a atividade desde 2000, inspiradas na história de Margarida Maria Alves.

 

Presidenta do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Alagoa Grande, na Paraíba, Margarida foi assassinada a mando de latifundiários em 12 de agosto de 1983. Ela defendia, entre outras bandeiras, os direitos dos trabalhadores e o fim da violência no campo.

 

Sua frase “é melhor morrer na luta do que morrer de fome” ficou popularmente conhecida. Ela acreditava na justiça, na transformação pela educação e afirmava que as mudanças sociais dependiam, além do governo, da ação de todas as pessoas na sociedade.

 

 

 

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br