Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUE CENTRAL > SINDSAÚDE-SP: TRABALHADORAS E TRABALHADORES PROTESTAM CONTRA PRIVATIZAÇÃO DAS UBSS NA CAPITAL PAULISTA

SindSaúde-SP: trabalhadoras e trabalhadores protestam contra privatização das UBSs na capital paulista

19/11/2019

Protesto foi mais uma ação contra projeto de terceirização e sucateamento da Atenção Básica e do Sistema Único de Saúde (SUS)

Escrito por: SindSaúde-SP

 

 

Contra as terceirizações das Unidades Básicas de Saúde (UBS) da cidade de São Paulo, trabalhadoras e trabalhadores estaduais municipalizados e os municipais da capital paulista fizeram uma manifestação em frente a Secretaria Municipal de Saúde, na quarta-feira (6).

 

O protesto foi mais uma ação contra projeto de terceirização e sucateamento da Atenção Básica e do Sistema Único de Saúde (SUS). O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, vem entregando diversas UBSs à iniciativa privada de forma sorrateira e desleal, sem dialogar com os trabalhadores e com a sociedade civil organizada, representada no controle social do SUS, desrespeitando a política de gestão participativa do SUS e instituída em lei.

 

Durante o ato, Silas Lauriano Neto, diretor da região Oeste III pelo SindSaúde-SP, falou sobre a privatização das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da cidade de São Paulo para Organizações Sociais e como essa política do governo prejudica trabalhadoras, trabalhadores e usuários.

 

Além disso, Silas tratou sobre o desmonte da Saúde, que acontece diariamente, tanto no âmbito municipal quanto estadual e federal. Um dos exemplos citados por ele é o caso da Superintendência de Controle de Endemias (Sucen). "Hoje, enfrentamos surtos de dengue, chikungunya e febre amarela e o Governo do Estado está propondo extinguir o serviço, o que vai refletir nos municípios que terão de assumir essa função" e completou: "Como disse o Sérgio [Antiqueira], [presidente] do Sindsep, ou a gente se une na luta ou não vence."

 

Também participaram pelo SindSaúde-SP, Valéria Fernandes, diretora da região Leste II e José Carlos Salvador, diretor da região Oeste I. A atividade foi organizada pela Frente Única em Defesa da Saúde Pública, da qual entidades como o Sindicato dos Trabalhadores Públicos da Saúde no Estado de São Paulo (SindSaúde-SP) e o Sindicato dos Servidores Municipais de São Paulo (Sindsep) e diversos movimentos sociais fazem parte.


Após o protesto, os manifestantes seguiram em direção ao Viaduto do Chá para encerrar a atividade em frente à sede da Prefeitura.

 

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br