Twitter Facebook

CNTSS > LISTAR NOTÍCIAS > DESTAQUES > DELEGADOS DO 8º CONGRESSO NACIONAL DA CNTSS/CUT APROVAM PLANO DE LUTAS E NOVA DIREÇÃO QUE CONDUZIRÁ A CONFEDERAÇÃO NO PRÓXIMO QUADRIÊNIO (2021-2025)

Delegados do 8º Congresso Nacional da CNTSS/CUT aprovam Plano de Lutas e nova Direção que conduzirá a Confederação no próximo quadriênio (2021-2025)

27/08/2021

Eleita por aclamação, Chapa “Valorizando os(as) trabalhadores(as) da Seguridade Social” tem Benedito Augusto Oliveira, Sindsaúde SP, como presidente e como vice Maria Júlia Nogueira, Sinstsprev MA

Escrito por: Assessoria de Imprensa CNTSS/CUT

 

Novo presidente da CNTSS/CUT, Benedito Augusto de Oliveira (Benão), do setor Estadual da Saúde, e dirigente do Sindsaúde SP

 

Os trabalhos do 8º Congresso Nacional da CNTSS/CUT – Confederação dos Trabalhadores em Seguridade Social, que transcorreram de 25 a 27 de agosto, foram finalizados na manhã desta sexta-feira com a aprovação do Plano de Lutas e a eleição e posse da Executiva, da Direção Nacional e do Conselho Fiscal para o quadriênio 2021-2025. O pleito se deu a partir da apresentação de Chapa Única “Valorizando os trabalhadores e trabalhadoras da Seguridade Social”, que foi eleita por aclamação, pelos mais de 200 delegados e delegadas representantes dos Sindicatos e Federações filiados à Confederação.

 

O Plano de Lutas aprovado contém cerca de 300 contribuições apresentadas durante os Encontros Preparatórios Nacionais dos Setores da Confederação. Uma agenda que reuniu lideranças e trabalhadores do setor Federal, Saúde Privada e Categorias, ACSs - Agentes Comunitários de Saúde e ACSs – Agentes de Combate às Endemias, Saúde Pública, Assistência Social e Nacional de Saúde. Construído por mais de 300 participantes destes encontros, todo este material foi avaliado e aprovado pelos delegados do 8º Congresso. Ficou definido que o Plano de Lutas voltará a ser reavaliado, tendo em conta as mudanças da conjuntura nacional, na Plenária que deverá acontecer, conforme estabelece o Regimento, em até um ano da posse da nova direção.

 

Ex-presidente da CNTSS/CUT, Sandro Cezar, presidente da CUT Rio de Janeiro e dirigente do SintsaúdeRJ

 

A composição da Chapa “Valorizando os trabalhadores e trabalhadora da Seguridade Social” seguiu os critérios estabelecidos nos regulamentos estabelecidos pela CUT – Central Única dos Trabalhadores. O diálogo entre as forças políticas permitiu que todos os setores da Confederação pudessem ser representados na Chapa. A Direção Executiva será composta pelos cargos de presidente, vice-presidente e doze secretários. Para o cargo de presidente foi eleito Benedito Augusto de Oliveira, conhecido como Benão, do setor Estadual da Saúde, e dirigente do Sindsaúde SP, a vice-presidência ficará com Maria Júlia Reis Nogueira, do setor Federal, dirigente da CUT Nacional e Sintsprev MA. A Direção Nacional é composta por 24 lideranças e o Conselho Fiscal conta com três titulares e três suplentes em sua composição.

 

O ato de transmissão do cargo ao novo presidente da CNTSS/CUT foi um momento de grande emoção, quando o atual presidente, Sandro Cezar, fez uma homenagem aos companheiros Cícero Lourenço da Silva, do Sindprev AL, e Adão Pereira Alvez, do Sindprev DF, respectivamente, 1º tesoureiro e dirigente Nacional da Confederação, que vieram a óbito durante este mandato. Lembrado com muito carinho por Sandro Cezar, os delegados e delegadas presentes puderam homenageá-los com palmas. A mesma reverência foi destinada a todos os profissionais da Seguridade Social que vieram a óbito em virtude da contaminação por Covid-19.

 

 

Sandro Cezar aproveitou a oportunidade para agradecer a colaboração dos dirigentes que estiveram na Direção da Confederação nestes dois últimos mandatos em que foi presidente. Muitos destes companheiros permanecerão na Direção. A mesma deferência foi feita aos que não mais comporão a Direção. Sandro Cezar foi enfático ao dizer que a Confederação ficará em boas mãos, referindo-se ao novo presidente. Lembrou da experiência que Benão possui no sindicalismo, tendo sido, inclusive, presidente do Sindsaúde SP e representado a Seguridade Social em diversos espaços de Controle Social e nas várias esferas cutistas.  Brincou, ainda, que pensou em fugir com a faixa, mas que estava agora entregando o bastão ao novo presidente.

 

Benão fez questão de agradecer ao companheiro e aos delegados e delegadas que se esforçaram na realização das assembléias em seus Estados para poderem contribuir com o 8º Congresso e com as lutas da Seguridade Social. O novo presidente mencionou que receberia o bastão para dar continuidade ao processo. Para ele, haverá continuidade ao que vinha sendo realizado nos últimos anos. Destacou que haverá muita luta em defesa dos trabalhadores e das políticas da Seguridade Social. Os últimos tempos têm sido de intensos ataques e com este atual governo não há perspectivas de melhoras.

 

 

O novo presidente observou que todos estes ataques são direcionados também à Constituição, que coloca a Seguridade Social como maior bem deste país. Para ele, os atuais governos querem destruir a Constituição Cidadã e retornar ao assistencialismo, evidenciando que não querem uma Seguridade Social universal. Desta forma, atuam na desconstrução do SUS, do SUAS e da Previdência Social. Afirma que a Seguridade Social não pode ser um produto de venda ou de troca eleitoral. Trata-se de uma política que traz a cidadania.

 

“Nossa Seguridade Social tem que ser motivo de orgulho para que tenhamos um país civilizado. Não há civilização sem Seguridade Social. Temos que colocar no nosso horizonte a luta contra a EC nº 95. Temos que colocar o fim desta EC como prioridade nossa. E também temos que nos organizar contra a PEC nº 32. Ela é a destruição do Estado. A PEC nº 32 deve ser combatida e atacada. Esta é uma agenda para ontem. Nós temos que ir para a rua combatê-la. No 07 de setembro a classe trabalhadora estará unida no Grito dos Excluídos. Por último, quero agradecer a oportunidade de assumir a presidência. Quero contar com a colaboração de todos,” menciona Benedito Augusto de Oliveira, Benão.

 

Direção Executiva 2021 - 2025

Direção Nacional 2021-2025 1

Direção Nacional 2021-2025 2

 

Direção Nacional 2021-2025 3

Conselho Fiscal 2021-2025

 

 

 

 

José Carlos Araújo

Assessoria de Imprensa da CNTSS/CUT

  • Imprimir
  • w"E-mail"
  • Compartilhe esta noticia
  • FaceBook
  • Twitter

Conteúdo Relacionado

Nome:
E-mail:
Título:


CNTSS – São Paulo - Rua Caetano Pinto nº 575 CEP 03041-000 Brás, São Paulo/SP
Telefones: (0xx11) 2108-9156 - (0xx11) 2108-9301 - (0xx11) 2108-9195 - (0xx11) 2108-9253 - FAX (0xx11) 2108-9300
E-mails: direcao@cntsscut.org.br – tesouraria@cntsscut.org.br – imprensa@cntsscut.org.br

CNTSS – Brasília - SCS - QD.01 Bloco "I"- Ed. Central - 12º andar - Salas 1.201 e 1.208 - CEP: 70.304-900 – Brasília/DF
Telefone: (0xx61) 3224-0818 | E-mail: df@cntsscut.org.br